Quantas peças de fruta devemos consumir por dia?

Quantas peças de fruta devemos consumir por dia

O consumo de frutas é um dos fatores mais importantes para termos um estilo de vida saudável. Mas quantas peças de fruta é que devemos consumir por dia?

Desde já é importante saber-se que a fruta é bastante importante para conseguirmos uma vida saudável e ocupa 20% da roda dos alimentos, pois as dietas ricas em consumo de frutas variadas estão associadas a vários benefícios para a saúde.

Em quantidades controladas, a fruta é dos melhores alimentos para a nossa alimentação, pois são ricas em nutrientes e ajudam a prevenir doenças. E já agora, dê sempre prioridade a frutas da época, pois são mais saborosas e mais ricas!

Deve-se comer frutas diferentes ao longo do dia, porque as frutas são constituídos por nutrientes diversificados, como fibras, antioxidantes, minerais e vitaminas. Posto isto, é importante consumirmos várias frutas diferentes, de modo a que elas se complementem ao longo do dia e obtermos maiores benefícios para a nossa saúde.

As frutas e legumes devem estar sempre presentes em todas as refeições diárias e aconselha-se a que sejam consumidas cruas e no que diz respeito à fruta com a casca também, mas sempre devidamente bem lavados, pois desta maneira estará a aproveitar tudo de bom que estes alimentos têm para si.

Se todos os dias optar por consumir fruta, esta vai ajudá-lo a diminuir o consumo de alimentos ricos em gordura e açúcar, como ainda lhe fornece vitaminas que o vão ajudar no melhor funcionamento do organismo. Para além de tudo isto, dá-lhe também uma sensação de saciado e, por isso, pode ajudá-lo na perda de peso.

Mas como já todos sabemos, a fruta contém um açúcar chamado frutose, que acaba por assustar muitos de nós quando pensamos no consumo de frutas que fazemos. É preciso ter cuidado na quantidade de fruta ao certo que se ingere por dia, por isso recomenda-se que nestes casos de saúde aconselhe-se com o seu médico para ficar a saber qual a melhor opção para si.

A frutose é o açúcar que faz parte das frutas e não só! Está também presente em alguns vegetais, sumos, mel, bolos entre outros, mas na verdade este tipo de açúcar torna-se mais saudável do que o tradicional açúcar branco. Contudo, consumido em excesso pode também tornar-se prejudicial e conduzir à obesidade e problemas no coração.

Mesmo assim, a frutose é absorvida pelo fígado e assim não causa picos de glicemia tão altos como o açúcar branco.

Posto isto, deve existir uma ingestão cuidada de frutas, dependendo sempre de pessoa para pessoa a quantidade exata para consumo diário.

A nova Roda dos Alimentos recomenda um aumento de consumo de frutas, hortícolas, leguminosas e cereais, uma vez que, o baixo consumo de frutos, hortaliças e legumes está entre os 10 fatores de risco para o aparecimento de doenças e morte prematura.

Na nova roda dos alimentos a Direção Geral de Saúde (DGS) destaca a importância de comer 3 a 5 peças de fruta por dia, não excedendo cada unidade 160 gramas, número este que varia de pessoa para pessoa, sendo que 3 peças de fruta, correspondem em média entre 36 e 45 gramas de hidratos de carbono.

Inclua a fruta fresca e algumas hortícolas cruas nos intervalos entre as refeições e ao pequeno-almoço. Pelo menos 1 das peças de fruta que consome diariamente deve ser um fruto rico em vitamina C, como por exemplo laranja, kiwi, tangerina, morangos, maçã, entre outros.

Existem 5 alturas do dia ideias para se consumir fruta, sendo as preferenciais, ao pequeno-almoço e pós-treino, uma vez que o nosso corpo durante a noite e durante os treinos perde glicogénico hepático e muscular, por isso podemos usar a fruta para repor.

A ingestão adequada de frutos, hortaliças e legumes previne o aparecimento de cancro, doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, carências nutricionais e distúrbios do aparelho digestivo, como por exemplo a prisão de ventre.

A fruta é um alimento que podemos consumir sempre, por isso, pode fazer da fruta a sua sobremesa de excelência!

Mas não se esqueça, os sumos naturais não substituem as peças de fruta fresca que ingerimos, ou devemos ingerir.

Se tem interesse em saber mais sobre como ter uma vida saudável e gostava de ter formação na área, a Do It Better tem para si o Curso de Nutrição, Dietética e Parafármica.

Autoria: Jéssica Monteiro