Importância da Música na Educação das Crianças

Importância_Música_Educação_Crianças

A música possui um papel importante na educação das crianças. Além de contribuir para o desenvolvimento psicomotor, sócio afetivo, cognitivo e linguístico, facilita ainda o processo de aprendizagem.

A música vai construindo todo um processo de conhecimento, favorecendo:

  • O desenvolvimento da sensibilidade;
  • O senso rítmico;
  • O prazer de ouvir música;
  • A criatividade, a imaginação, a memória, a concentração, a atenção;
  • O respeito pelo outro;
  • A socialização e a afetividade, contribuindo para uma efetiva consciência corporal e de movimentação. 

Na educação infantil, podemos ver a música como uma motivação e uma maneira de ensinar as crianças de forma diferente, favorecendo a sua auto-estima e o desenvolvimento do gosto pelo senso musical. Cantar e dançar música de boa qualidade proporciona diversos benefícios e é uma grande aliada no desenvolvimento a nível da saúde dos mais novos. 

A música tem a capacidade de estimular várias áreas do cérebro a nível:

  • Psicomotor;
  • Sócio afetivo;
  • Cognitivo e Linguístico;
  • Do processo de aprendizagem.

Felizmente e com o grande esforço de alguns profissionais desta área, muito se tem conseguido fazer em relação à Educação Musical que se aborda nas escolas. Esta forma diferente de proporcionar uma vivência musical aos alunos mostra uma maior motivação e aumenta a participação nas aulas, tendo em conta que esta deixou de ser uma disciplina tendencialmente teórica, para ser uma disciplina mais prática e participativa por partes de todos os intervenientes no processo educativo.

Ao ler este artigo, pode surgir a seguinte questão por parte de professores, educadores e auxiliares: “e se eu não souber cantar ou tocar algum instrumento?”

Como foi dito anteriormente, a música é muito importante para o desenvolvimento e aprendizagem de uma criança mas, se o professor, educador ou auxiliar se sente incapaz por não conseguir tocar nenhum instrumento ou não saber cantar, a melhor dica que podemos dar é tentar. Pode ser um grande desafio, mas não é impossível. É possível criar música a partir das coisas mais simples. 

Pode, por exemplo, usar como alternativa:

  • CD´s;
  • Gravações;
  • Vídeos.
  • Incentivar as crianças a cantar consigo.

O conselho é variar no estilo e ir alternando o reportório, desde música infantil ao jazz, por exemplo. Outra alternativa poderá ser também contar histórias cantadas. Alguns professores costumam utilizar este método para iniciar as atividades musicais.

Para o aluno com Necessidades Educativas Especiais esta aprendizagem, irá proporcionar-lhe uma melhor relação com o outro e com o Mundo, uma vez que lhe possibilitará partilhar as suas experiências musicais, ou outras, com o grupo no qual está inserido. Esta troca de conhecimentos permite que o aluno tenha uma experiência com outras culturas musicais, aumentando assim o seu leque de conhecimento na área da música. 

Estes conhecimentos adquiridos dentro da sala de aula irão permitir que o aluno, num futuro próximo, possa agarrar oportunidades numa área que à partida lhes era desconhecida. O ensino da música na escola torna-se assim bastante importante na medida em que essa aprendizagem refletir-se-á para o resto da sua vida.

A música na vida das crianças não terá apenas efeitos na parte educacional mas também a nível social, pois a música é capaz de influenciar sentimentos, estados de espírito, com a memória e até mesmo a concentração. Todos estes elementos são vitais para o ser Humano e para a sua adaptação ao meio em que está inserido.

Importância_Música_Crianças

A música não precisa de estar inserida apenas na rotina das crianças, poderá estar inserida também na sua. O curso de Técnico Auxiliar de Ação Educativa da Do It Better dar-lhe-á conhecimentos para que no mundo do trabalho possa criar, organizar e realizar todo o tipo de atividades com crianças, incluindo atividades ligadas à música. 

Autoria: Margarida Heitor