10 alimentos ricos em proteína

os 10 alimentos ricos em proteína

Quer saber como construir massa muscular? A Do It Better mostra-lhe quais os 10 alimentos ricos em proteína para atingir os seus objetivos rapidamente.


A proteína é um macronutriente essencial que nos dá energia e ajuda na recuperação e fortalecimento dos músculos. A proteína mantém o nosso sistema imunitário a funcionar de forma correta, ajuda à recuperação muscular após um treino, reduz os níveis de stress e ansiedade e reduz o risco de diabetes e doenças cardiovasculares.

  • Ovos

Os ovos são um dos alimentos mais saudáveis e nutritivos, estão repletos de vitaminas, minerais, gorduras saudáveis e nutrientes que o cérebro necessita.
O consumo de um ovo cozido após um treino irá ajudar a construir massa muscular a melhorar o sistema imunológico do atleta.

Conteúdo proteico: 1 ovo inteiro tem 6 gramas de proteína e 78 calorias.

  • Amêndoas

As amêndoas estão repletas de nutrientes, incluindo fibras, vitamina E e magnésio. O magnésio é um mineral abundante que é conhecido por estar envolvido no metabolismo energético e na síntese de proteínas.

As amêndoas podem ser consumidas de forma natural ou em forma de manteiga de amêndoa.

Conteúdo proteico: Cada 30g tem 6g de proteína e 161 calorias.

  • Sementes de Abóbora

As sementes de abóbora têm um alto valor nutritivo, porque possuem ferro, magnésio e zinco. São uma excelente fonte de proteína vegetal e de gordura “boa”.

Conteúdo proteico: Cada 28g tem 5g de proteína e 125 calorias.

Outras sementes com alto valor proteico são as sementes de linhaça, de girassol e chia.

  •  Aveia

A aveia é um dos cereais mais saudáveis, porque apresenta diversos benefícios para o nosso corpo, como reforçar o sistema imunológico, ajudar a prevenir doenças cardiológicas e diabetes.

É rica em fibras saudáveis, magnésio e Vitamina B1,  ajuda a aumentar o volume de massa muscular, porque tem o poder de reconstruir o músculo, que é destruído durante os treinos, e fortalece-o enquanto dorme.

Conteúdo proteico: Cada 100g de aveia tem 11g de proteína.

10 alimentos ricos em proteína

  • Iogurte grego

O iogurte grego destaca-se dos restantes iogurtes, essencialmente, porque tem cerca de duas vezes mais proteína do que um iogurte comum, maiores níveis de sódio e hidratos de carbono.

Conteúdo proteico: Um iogurte grego natural, em cada 100g de iogurte, tem 10g de proteína e 100 calorias.

  • Atum

O atum é um peixe baixo em gordura e calorias, mas com alto teor proteico. O consumo de atum é ideal para a reconstrução e fortalecimento dos músculos.

Conteúdo proteico: uma lata de atum em azeite tem cerca de 25g de proteína e 200 calorias.

  • Peito de frango e peru

Os peitos de frango ou peru são duas fontes de proteína que fortalecem e geram energia ao organismo, para além de serem uma excelente fonte de proteína. Possuem todos os aminoácidos essenciais e em quantidades apropriadas para o nosso bem-estar.

Conteúdo proteico: Em cada 100 gramas tem 30g de proteína.

  • Lentilhas

As lentilhas são um legume rico em fibra, magnésio, potássio, ferro e outros nutrientes.

As lentilhas estão entre as melhores fontes de proteína de origem vegetal e são uma excelente opção para quem tem uma alimentação vegetariana ou vegan.

Conteúdo proteico: Um copo de lentilhas cozidas (198g) contém 18 gramas de proteína e 230 calorias.

  • Quinoa

A quinoa é uma semente considerada um superalimento com diversas vitaminas, minerais, fibra e muitos antioxidantes.

Conteúdo proteico: Um copo de quinoa cozida (185g) tem 8 gramas de proteína e 222 calorias.

  • Tofu

O tofu é um alimento de origem vegetal que tem como principal ingrediente o leite de soja. Este alimento possui poucas calorias, é rico em proteína e nutrientes e pobre em gordura. O tofu apresenta diversos benefícios como a diminuição do colesterol, por conter Omega-3, o fornecimento de proteínas para a manutenção dos músculos, a prevenção da osteoporose por sem rico em cálcio e ajuda a emagrecer por ser pobre em calorias.

Conteúdo proteico: Em 100g tem 8g de proteína e 70 calorias.

 

Autoria: Raquel Perleques