Curso de Patrão de Costa

O curso de formação inicial de Navegador de Recreio, na categoria de Patrão de Costa  promovido pela Do It Better, visa levar os formandos ao desenvolvimento de competências que permitam conduzir embarcações de recreio, de acordo com a legislação em vigor – DL nº93/2018 de 13 de novembro. Este curso permite obter junto da DGRM, Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, a carta de navegação desta categoria.
O curso de Patrão de Costa habilita o titular ao comando de ER (Embarcações Recreio) a navegar até uma distância da costa que não exceda 40 milhas.
Requisitos: Ter no mínimo o 18 anos de idade (ou menos, mediante autorização parental); Possuir a escolaridade mínima obrigatória consoante a idade; Saber nadar;
 
Conteúdos Programáticos (65h)
Parte Teórica – 50 horas

  • Recapitulação das matérias do programa do curso de Patrão Local, sobre segurança, navegação e comunicações;
  • Noções gerais de estabilidade: centro de gravidade, centro de carena e metacentro; estabilidade transversal e estabilidade longitudinal; efeitos dos pesos móveis sobre a estabilidade;
  • Odómetros. Verificação do seu funcionamento;
  • Navegação costeira. Definição. Ajudas visuais à navegação. Faróis. Listas de ajudas à navegação. Linhas de posição simultâneas e sucessivas. Distâncias, direções, profundidades, segmentos capazes, resguardos, enfiamentos e alinhamentos. Determinação do ponto, sua consistência e erros em navegação. Planeamento de uma viagem;
  • Navegação estimada. Definição. Carteação e estima. Correntes. Determinação do ponto estimado. Rigor do ponto estimado;
  • Navegação em águas restritas. Definição. Ajudas visuais à navegação. Balizagem. Condução da navegação em águas restritas. Planeamento. Publicações de ajudas à navegação. Radar. Utilização do radar em navegação. Navegação sem visibilidade. Prevenção de abalroamentos;
  • Generalidades sobre navegação electrónica: radiogoniómetros; GPS; sondas; descrição dos sistemas; alcance; utilização; rigor. Cartas eletrónicas;
  • Desvio das agulhas. Modos de o determinar. Tabela de desvios;
  • Sextante: nomenclatura e princípio ótico; leitura de ângulos; retificação do sextante; erro de índice: sua determinação;  
  • Marés. Sucessão das marés; definições mais importantes; previsão das horas e das alturas de água das preia-mares e baixa-mares; cálculo da altura de água em qualquer instante e da hora correspondente a dada altura de água;
  • Conhecimento das matérias constantes do programa para exame para obtenção do certificado de operador radiotelefonista da classe A. Convenção GMDSS;  
  • Meteorologia náutica. A atmosfera terrestre. Elementos meteorológicos. Circulação geral da atmosfera. Massas de ar. Superfícies frontais. Frentes. Análise sumário de uma carta de tempo. Elementos de previsão meteorológica. Informação meteorológica a bordo. O weatherfax e o navtex;
  • Segurança: prevenção e ataques a incêndios; limitação de avarias; meios e equipamentos de salvação; procedimentos em caso de abandono; segurança e sobrevivência no mar; homem ao mar; Epirb; a segurança na navegação;  
  • Regulamento Internacional para Evitar Abalroamentos no Mar;
  • Código Internacional de Sinais (CIS);
  • Noções de primeiros socorros.  
     
    Parte Prática – 15 horas

  • Comando e governo de uma embarcação de vela ou de motor;
  • Utilização correta dos equipamentos de comunicações;
  • Utilização correta dos equipamentos de navegação. Verificação do rigor dos elementos fornecidos pelos equipamentos;
  • Execução de trabalhos elementares de arte de marinheiro, escolhidos de entre os que têm aplicação prática atual.
       

O Curso de Patrão de Costa permite aos formandos adquirir competências para a navegação de embarcações, de acordo com os critérios definidos pela DGRM. Assim pretende-se que os formandos, no final do curso, sejam capazes de:  

  • Reconhecer a legislação da Náutica de Recreio, através das características das embarcações de recreio e das regras básicas da navegação;
  • Aplicar a condução e manobra de ER;
  • Usar o extintor para medidas de prevenção e combate a incêndios;
  • Aplicar as noções básicas de utilização e manutenção de motores;
  • Usar os equipamentos de comunicação;
  • Usar os equipamentos de navegação;
  • Utilizar o radar para a identificação da costa;
  • Utilizar o sextante em determinação dos ângulos verticais e horizontais;
  • Utilizar o GPS e a sonda;
  • Fazer o cálculo da altura da água;
  • Aplicar manobras de entrada e saída de uma barra;
  • Aplicar a condução em situações de nevoeiro. 

Navegação de embarcações, de acordo com os critérios definidos pela DGRM, para as categorias de Marinheiro, Patrão Local e Patrão de Costa.

Formadores

Casos de Éxito

Grupos

Lecturer

Hugo Peixinho