5 tendências de Cabeleireiro mais utilizadas no ano de 2020

 

5 tendências de cabeleireiro mais utilizadas no ano de 2020

Todos os anos são conhecidas novas tendências no mundo da moda, da beleza e do design. Para os cabeleireiros é fundamental acompanhar as cores, os cortes de cabelo, os penteados, os tratamentos e os serviços que fazem mais sucesso porque podem ser de interesse dos clientes.

  1. A procura por colorações com aparência natural

A busca por visuais com aparência natural é crescente a cada ano que passa e em 2020 não foi diferente. Os tons de loiro, castanho e ruivo podem ser claros ou escuros, intensos ou suaves, mas o desejo é o acabamento natural, com a raiz esfumada e um jogo de luz e sombra.

O mesmo aconteceu para os cabelos com luzes, sejam eles do estilo ombré, balayage, hair contouring ou qualquer outra técnica. “Até as mechas que saem da raíz necessitam de uma transição, uma passagem de cor, um esfumado, para a mulher não ter que retocar a toda hora”, afirmou Rafael Bertolucci, hairstylist e embaixador da L’Oréal professionnel.
As cores de fantasia como o cabelo rosa, azul ou roxo também não deixaram de ser exceção e ganharam uma certa subtileza nos detalhes, ainda que as nuances sejam intensas.

O objetivo é então evitar uma cor muito saturada e conferir luminosidade, o que valoriza o visual independentemente da tonalidade.

  1. Hair Care foi o novo movimento de Self Care

O movimento de self care ou de autocuidado conquistou muitas adeptas no ano de 2019 e continuou a conquistar em 2020. São valorizados os momentos de relaxamento e descanso como práticas que fazem bem para a saúde mental e para o corpo. A tendência em 2020 foram os cuidados com o cabelo, que entraram na rotina, unindo o hair care ao skin care. A ideia seguiu-se de produtos de cabeleireiro de acordo com as necessidades dos fios de cabelo e fazer do tratamento uma oportunidade para relaxar e se reconectar com a sua essência.

Esta tendência teve um papel muito importante, especialmente para quem passou por transições capilares e esteve a aprender a lidar com a textura natural das madeixas e com o que a mesma pode representar para a sua identidade.

O papel dos cabeleireiros nesta etapa é saber orientar os clientes com fios dos mais variados tipos, avaliando as necessidades de fibra, indicando os produtos e rituais adequados e ensinando a tratar e a finalizar os cabelos. Também necessitam de estar aptos para cortar e colorir fios de todas as texturas para que possam atender da melhor forma clientes com cabelos lisos, ondulados cacheados e crespos com a mesma versatilidade e qualidade.

  1. Regresso dos Cortes de Cabelo Médios

O corte “short bob” de 2019 foi substituído pelo cabelo médio em 2020. O comprimento intermediário, pela altura dos ombros, é mais versátil do que o curto por ser mais fácil de prender e combinar facilmente com todas as texturas de fio e formatos de rosto. Foi ótimo para dar como indicação a clientes que queriam-se desapegar de cabelos longos e experimentar algo que não fosse radical demais. Os profissionais deviam, por isso, de estar atentos e respeitar os pedidos dos clientes para não cortar demais o comprimento do cabelo, indicando modelos e acabamentos.

  1. Cortes de Cabelo, Penteados e Styling com Inspiração Retro

Os novos visuais são resgatados do passado e recuperam como tendências. Em 2020 as ideias de corte e styling com inspiração retro prometeram ser os principais destaques do mundo da beleza- A ideia não foi copiar o que era feito antigamente, mas trabalhar em cima de um conceito que já fez sucesso e torná-lo moderno e jovial novamente. Para evitar o aspeto caricato, o ideal foi combinar os conceitos antigos com abordagens novas. Foi o caso do corte em camadas com franja em cortina, que foi moda nos anos 70 e voltou em 2020 numa versão com menos volume e mais leve. Outro exemplo foi o cabelo com ondas frisadas, que foi ícone de estilo nos anos 90 e em 2020 é usado com menos definição e mais naturalidade.

  1. A integração da tecnologia com a criação de novos visuais

Nos dias de hoje, para fazer-se uma mudança de visual, quer seja ela de cortes, de cores, de penteados ou mechas, as clientes levam consigo fotos de inspiração no telemóvel. Por isso, muitos profissionais passaram a utilizar os eus próprios telefones para mostrar ideias e sugerir tendências a partir das suas próprias referências. No entanto, a tecnologia consegue ir para além de oferecer inspiração e passou a proporcionar a oportunidade de o cliente experimentar visuais antes de adotá-los. Por exemplo, o caso da app Style My Hair, de L’Oreal, permitiu que as pessoas testassem dezenas de colorações diretamente da imagem da câmera com uma tecnologia 3D que torna o resultado muito realista. Junto com o trabalho do profissional, o sistema oferece uma nova forma de explorar as possibilidades da indústria da beleza e foi uma proposta que em 2020 se tem visto cada vez mais.

Se tem interesse nesta área e quer saber mais sobre a mesma, venha conhecer o Curso de Cabeleireiro Profissional Unissexo da Do It Better!