7 motivos para ser Segurança em Portugal

7 motivos para ser Segurança em PortugalA área da Segurança Privada em Portugal está em franca expansão neste último ano.

Neste artigo damos-lhe a conhecer 7 motivos para começar a sua carreira na área da Segurança Privada.

Empregabilidade

 A área da Segurança Privada está em expansão, devido ao crescimento do turismo e ampliação das grandes cidades em Portugal e na Europa, o que leva com que os empregos na área venham a multiplicar-se nos próximos anos.

A empregabilidade na área da Segurança Privada é praticamente garantida, fruto da constante procura das empresas de Segurança Privada em recrutar profissionais com o cartão MAI válido.

Estilo de vida saudável

O profissional de Segurança Privada não tem uma vida sedentária, ou seja, estar as horas de trabalho sempre sentado em frente a um computador. Ser segurança implica andar sempre a exercita-se, caminhar para fazer as vigias do seu espaço de trabalho.

Rotina não usual

A Segurança Privada é uma ocupação que envolve o trabalho em áreas amplas, ar livre e em ambientes diversos, ao contrário de outras profissões relacionada com escritórios que passam o dia enclausurados dentro de 4 paredes.

O profissional também tem a vantagem de não estar constantemente pressionado com relatórios, prazos e chamadas sem fim. Por isso, o profissional não tem uma rotina fixa de trabalho, cada dia é uma rotina diferente.

Flexibilidade horária

O profissional ao não ter uma rotina fixa também não tem um horário de trabalho fixo. A área da segurança é um serviço de 24 horas por dia, 7 dias por semana o que possibilita ao vigilante optar por trabalhar no horário que lhe é mais conveniente e conciliar com outros hobbies que tem. Com isto, também consegue ter mais tempo para estar com a sua família e amigos.

Mix entre o trabalho individual e o trabalho em equipa

Na área da segurança existe uma mistura de trabalho em equipa e de autonomia. Tudo depende do local de trabalho e da empresa para qual trabalha. Geralmente, os seguranças trabalham de forma autónoma, mas será beneficiado se fizer parte de uma equipa forte.

Ajudar as pessoas a sentirem-se seguras

Uma das principais funções de um Segurança Privada é proteger as pessoas e manter a segurança no local de trabalho. Por vezes, a presença de um profissional de segurança é suficiente para deter criminosos e prevenir incidentes, o que leva com as que pessoas sintam mais seguras e confortáveis com a presença de segurança.

Treino em crise

Os profissionais na área da Segurança Privada estão preparados para situações de emergência tal como prevenção de incêndios e primeiros socorros. Caso aconteça um incidente deste género, o vigilante sabe como atuar e auxiliar as pessoas.

Autoria: Vanessa Cunha