A importância do marketing e das técnicas de venda

O Marketing e Técnicas de Vendas são algumas das principais atividades desenvolvidas no seio empresarial, uma vez que sem estratégia torna-se muito difícil vender produtos e/ou serviços. No que à concorrência diz respeito, uma empresa sem estratégia definida, plano de marketing estruturado ou uma planificação de técnicas de vendas atualizadas está inevitavelmente um passo atrás no mercado.

A identificação das necessidades, desejos ou interesses dos clientes são alguns dos passos elementares para que seja possível delinear uma estratégia de acordo com as intenções de mercado.

Com a proliferação do mercado digital, os clientes passaram a ter acesso a informação detalhada sobre produtos. Analisam alternativas, comparam preços e juntam um leque alargado de informação antes de tomar uma decisão. Claro que há variáveis que influenciam todo este processo, como as recomendações, líderes de opinião, amostras, promoções, bem como a publicidade, tanto online como offline. Assim, ter um técnico de marketing torna-se cada vez mais importante, prevendo-se que, dentro de poucos anos, seja um posto imprescindível numa empresa.

Na área de técnicas de vendas o que está presente antes do cliente é toda a campanha que tem que ser divulgada na apresentação do produto, desta forma promotores e comercias têm uma preparação prévia. São eles os principais embaixadores da marca, pelo que é fundamental saberem detalhadamente todas as características dos produtos que comercializam.

Para obter resultados positivos numa empresa, a realização de vendas exige uma habilidade de negociação, sendo elas as seguintes:

  • Boa apresentação;
  • Correta expressão oral;
  • Negociar cara a cara;
  • Criação de empatia;
  • Solucionar conflitos;
  • Boa capacidade de comunicação;
  • Conversa fluente e persuasiva;
  • Poder de argumentação;
  • Conhecimento da psicologia ao cliente;
  • Aceitação de diferentes pontos de vista;

Grandes e pequenas empresas procuram investir em formações especificas de pequena ou de longa duração, a fim de potencializar habilidades e competências de negociação aos seus colaboradores, elaborando assim novas técnicas de venda, e uma nova atualização de informação aos seus funcionários garantindo assim um melhor desempenho de trabalho.

Autoria: Edna Santos