Category Archives: Blog

Porque deve seguir uma carreira na área da Fisioterapia e Massagem?

Razões para fazer a formação de Técnico Auxiliar de Fisioterapia e Massagem

A Fisioterapia é uma área que está em constante crescimento, nos dias de hoje há cada vez mais pessoas a investir nesta área. Muitos profissionais dizem que seguir carreira na área de Fisioterapia e Massagem é desafiante e que leva a uma grande evolução tanto a nível pessoal como humano devido ao contacto que têm diariamente com diferentes pessoas.

Mas o que faz realmente um fisioterapeuta? Todos sabemos que a fisioterapia é a ciência que estuda, faz o diagnóstico, a prevenção e o tratamento de disfunções cinéticas funcionais dos órgãos e sistemas. Assim, o objectivo dos profissionais de fisioterapia é preservar e restaurar a integridade dos órgãos e sistemas. Compete ainda ao fisioterapeuta fazer a indução do tratamento fisioterapêutico no paciente e fazer o acompanhamento do quadro clínico do mesmo.

E um profissional de massagem? O massagista estimula a mobilidade e elasticidade do corpo, aliviando certas dores através da aplicação de força/vibração sobre os músculos, tendões, ligamentos e articulações.

Conseguimos perceber que esta é uma actividade bastante desafiante e por isso, é uma das áreas que mais chama atenção dos portugueses e não só. A verdade é que a crescente procura desta área não acontece só em Portugal, isto é algo que está a acontecer também a nível internacional.

Se procura uma profissão que lhe encha o coração todos os dias e o faça feliz, fisioterapia é a especialidade certa para si. Esta é uma área que traz muita satisfação a todos os profissionais pelo contacto humano e pelo prazer de poder ajudar os pacientes a melhorar a sua qualidade de vida. Segundo um estudo publicado pela Forbes em 2015 sobre as profissões que trazem mais felicidade aos profissionais, Fisioterapia surgia no 3º lugar.

Ao seguir carreira nesta área, vai poder intervir e transformar a vida dos pacientes através de terapias e gestos que aliviam a dor, e isso é algo especial. É sentir que ajuda o outro de uma maneira que mais ninguém consegue ajudar.

Trabalhar como fisioterapeuta e massagista significa ter bastante autonomia e responsabilidade, pois só o facto de estar a ser consultado por alguém para diagnosticar uma certa disfunção e ter de propor um determinado tratamento ou até fazer esse mesmo tratamento dá uma sensação de independência, algo que não se sente em todas as áreas profissionais.

Note-se que esta área não é nada monótona, é uma área que está em constante evolução uma vez que o conhecimento e a tecnologia estão sempre a mudar e evoluir, logo o profissional de fisioterapia e massagem tem de estar constantemente a estudar e acompanhar estas evoluções. Assim, para aqueles que gostam de estar em constante aprendizagem esta é a área ideal.

Ao seguir carreira na área da fisioterapia e massagem não estará limitado apenas a um espaço de trabalho, existem imensas saídas profissionais para este sector de actividade.

Poderá trabalhar em clínicas de fisioterapia, centros de medicina de reabilitação, consultórios privados, clínicas de medicina natural e também ginásios e clubes desportivos.

Se quer investir na sua formação, aposte numa área em crescimento e esta é essa área. Em Portugal, fisioterapeuta é a terceira maior área de prestação de serviços. Com apenas algumas dezenas de fisioterapeutas na década de 70, nos dias de hoje contamos com certa de 1200 profissionais nesta área.

 

Autoria: Ana Cardoso

Onde fazer curso de personal trainer

Sabe como escolher o melhor Personal Trainer para si?

Não perca tempo no ginásio, use-o com sabedoria e com o profissional mais adequado para si.
 

Verifique as qualificações

É importante verificar se o Personal Trainer está certificado numa instituição de referência, em que possa confiar. A formação do Personal Trainer é um fator fundamental para garantir que este tem competências para os objetivos pretendidos.

Analise o conhecimento profissional

Os conhecimentos do Personal Trainer são a maior qualidade que o profissional pode ter, por isso devem ser atualizados. Procure conhecer não só a sua formação, como se tem especializações ou cursos em áreas relacionadas. Além da qualidade técnica, demonstra também a dedicação do profissional ao seu trabalho.

Informe-se sobre a experiência

Um profissional com experiência faz muita diferença. Quanto mais experiente for, mais fácil será orientá-lo para alcançar os resultados desejados, pois já teve mais oportunidades de praticar e aperfeiçoar as suas técnicas.

Veja se existe empatia

O Pesonal Trainer é simpático? Criaram empatia? Não só é importante a formação do profissional como a relação que ele cria, uma vez que o acompanhará durante algum tempo. Escolha um profissional com quem goste de interagir e com quem seja agradável ter um contacto contínuo.

 

Certifique-se do acompanhamento regular

O Personal Trainer escolhido deve traçar-lhe um plano específico e estabelecer metas de curto e longo prazo para que se sinta confortável com as transformações. Além disso, é essencial acompanhar os seus resultados com avaliações periódicas, de forma a otimizá-los e garantir a sua evolução.

 


Cada pessoa é única, por isso escolher o profissional certo para o acompanhar deve ser feito com sentido. Um apoio personalizado correto deverá desafiá-lo física e mentalmente, mantendo-o motivado para alcançar o próximo nível e chegar mais rápido aos seus objetivos.

Autoria: Daniela Santos

6 Apps que o podem ajudar a decorar a sua casa

6 Apps que o podem ajudar a decorar a sua casa

Decorar a sua casa nunca foi tão fácil. Nos dias de hoje não precisa de ter medo de comprar um móvel com as medidas erras ou um quadro que não vá ficar bem na parede da sua sala.

Com a evolução das tecnologias é possível fazer toda a decoração da sua casa antes mesmo de a fazer na realidade, de forma virtual através de diversas apps.

Com as aplicações que lhe vamos mostrar é possível planear, testar e escolher as melhores opções para sua casa.

Mudar a cor de uma parede – Suvinil

Com a aplicação Suvinil consegue fazer testes de cores em ambientes reais. Basta tirar fotografia ao espaço que pretende decorar. Esta aplicação tem mais de 1500 tons diferentes, assim pode testas várias cores diferentes. Através desta aplicação consegue também perceber como determinada cor irá reagir à luz solar e a sombras especificas da divisão.

Decoração de Ambientes Completos – Homestyler Interior Design

Para decorar um espaço inteiro de sua casa pode utilizar a app Homestyler Interior Design que o ajuda a ter uma visão geral de como tapetes, pinturas, móveis entre outros podem ficar no interior de sua casa. Basta tirar uma fotografia ao espaço da casa que pretende decorar e depois começar a colocar os diversos objetos que aplicação disponibiliza. Esta aplicação fornece uma galeria com vários estilos de decoração em que se pode inspirar para decorar os seus espaços.

Ferramenta de Nivelamento – iHandy Level

A aplicação iHandy Level, versão digital do prumo, permite-lhe medir os níveis das superfícies. Com esta aplicação vai ser mais fácil que os quadros e prateleiras que escolhe no momento de decorar a sua casa fiquem bem nivelados na parede. Basta segurar o seu telemóvel na vertical e colocar a borda numa superfície plana e depois é só seguir as indicações que a aplicação dá.

Revestimentos – Conceito Duratex

Se está a pensar em redecorar os pisos de sua casa utilize a aplicação Duratex. Apesar de nesta aplicação não conseguir testar as variadas opções de pisos e revestimentos numa fotografia de uma divisão real da sua casa, consegue ter uma boa ideia do efeito de cada material em diferentes espaços.

Medidas reais da casa – My Measure

Com aplicação My Measure, depois de tirar uma fotografia à divisão que quer decorar consegue anotar medidas, volumes e até ângulos. Esta aplicação calcula as medidas e regista todos os detalhes da divisão.

Quadro na parede certa – Emolduras

Não sabe em que parede colocar o seu quadro ou que moldura utilizar? Então esta aplicação é ideal para si. Depois de tirar fotografia ao quadro que pretende pendurar, a app Emolduras permite-lhe combinar essa imagem com diversas molduras e em espaços diferentes da casa para perceber em que sítio o quadro fica melhor. Para além disso, se tiver interesse em alguma das molduras que experimentou virtualmente esta aplicação permite solicitar o preço com a loja.

Autoria: Ana Cardoso

5 Dicas para se tornar um bom chefe de Cozinha do It Better

5 dicas para ser um Bom Chef de Cozinha

5 Dicas para se tornar um bom chefe de Cozinha do It Better

O caminho para ser um bom chefe de cozinha não é de todo fácil, a gastronomia é uma área bastante competitiva e que envolve longas horas de preparação e trabalho. Para singrar nesta área precisa de, a cima de tudo, ser uma pessoa dedicada, persistente, atenta, em continua aprendizagem e muito organizada.

Quer ter sucesso nesta área? Temos 5 dicas para que consiga ser um bom profissional de cozinha.

    1. Ser apaixonado pela arte

 

Não podemos ser bem-sucedidos numa área se não formos apaixonados pela mesma. Quando fazemos aquilo que gostamos, conseguimos ser muito mais eficientes.  Sem paixão pela cozinha não há forma de ser um bom chef e conseguir confecionar pratos dignos de estrelas Michelin. Para ter sucesso nesta área precisa de ser muito dedicado e ter uma certa obsessão por descobrir novos sabores e texturas. Ser apaixonado pela cozinha é imergir na conquista de paladares e na descoberta de novos sabores para conseguir chegar até ao coração das pessoas através da comida.

  1. Ser Criativo

A criatividade é uma das variáveis que mais diferencia os chefs de cozinha. Um bom chef tem de ser capaz de saber utilizar os ingredientes à sua disposição para construir um bom prato, de forma a evidenciar o sabor dos mesmos.  É necessário que, na falta de algum ingrediente, um cozinheiro consiga reinventar o sabor desse através de outro ingrediente. Use a sua criatividade para fugir ao tradicional e inventar novos pratos, com combinações inesperadas. Seja capaz de surpreender.

  1. Saber lidar com os erros e críticas

Os erros acontecem e é com eles que as pessoas aprendem e evoluem. Ninguém nasce a saber fazer tudo. Para chegar à perfeição é preciso tempo. Até conseguir fazer ótimos pratos, muitos erros vão acontecer, mas o importante é não desistir e continuar a praticar. Seja paciente, estude os sabores. Saiba lidar com criticas, nem toda a gente vai gostar de tudo o que vai preparar. Aproveite as críticas para se instruir e progredir, construindo uma versão ainda melhor de si próprio e dos seus pratos. A firmeza e a dedicação são imprescindíveis para alcançar o sucesso.

  1. Mantenha-se atualizado e nunca deixe de estudar

Ser um bom chef de cozinha é algo que requer tempo, para além de ser necessário ter formação na área, é necessário passar por diferentes experiências. Esteja atento às novidades do mundo gastronómico e ao aparecimento de novos ingredientes e sabores, de forma a estudá-los e a perceber as suas potencialidades.  Leia revistas sobre cozinha de modo a perceber quais as tendências atuais no mundo gastronómico. Um bom chef, mesmo tendo muitos estudos na área, nunca deixa inteiramente de estudar. Está sempre em processo de aprendizagem, aprendendo mais sobre diferentes e novos ingredientes e combinações de sabores. Os melhores chefs são aqueles que conseguem tirar proveito de todas as experiências e tarefas.

  1. Trabalhar em equipa

Trabalhar na cozinha significa nunca trabalhar sozinho. É preciso saber trabalhar em equipa, perceber que na cozinha o sucesso tem muito mais a ver com o facto de todos trabalharem juntos em equipa do que com o talento individual. É importante que todos na equipa se sintam integrados e valorizados. Saiba respeitar todos os elementos do grupo e as opiniões de todos os colegas, mesmo que sejam diferentes da sua.  É fundamental respeitar toda equipa, e estar disponível para apoiar em tudo o que é necessário.

Autoria: Ana Cardoso

A importância de fazer um estágio curricular Do It Better

A importância de fazer um estágio curricular durante a formação académica

A importância de fazer um estágio curricular Do It BetterO estágio curricular é uma mais-valia para o desenvolvimento de uma carreira profissional dos alunos

Hoje em dia, é cada vez mais comum os planos académicos dos cursos de ensino superior pedirem a realização de um estágio curricular para a sua conclusão, uma vez que o contacto com o mercado de trabalho é um passo muito importante na vida profissional dos estudantes. No entanto, mesmo que não seja exigido como requisito para a conclusão do curso, a realização de um estágio é sempre vista como uma mais-valia para o currículo profissional e vida académica dos estudantes.

O primeiro contacto com o mercado de trabalho proporciona a oportunidade de adquirir conhecimentos e competências relacionadas com a profissão escolhida pelos estudantes. Permite também que os alunos compreendam melhor as áreas de atuação da profissão escolhida e, assim, perceber se pretendem continuar, ou não, nesse caminho profissional. Só com o contacto direto com a realidade é que os alunos conseguem perceber se desejam seguir uma determinada profissão.

O principal objetivo dos estágios curriculares é oferecer aos alunos um primeiro contacto com o mercado de trabalho e que estes ponham em prática os conhecimentos teóricos adquiridos na sua área de estudos, através da troca de experiências, ideias, planos e estratégias entre os funcionários de uma empresa.

Neste contexto, os alunos têm a oportunidade de aprender mais sobre a sua área de atuação, ao serem acompanhados por profissionais mais experientes, que os preparam para assumir um papel como profissionais qualificados no futuro.

Para os estudantes as práticas, dedicação e disciplina adquiridas durante o estágio curricular contribuem para um valor acrescentado, a nível de desenvolvimento pessoal, e para a aquisição de mais conhecimento sobre a sua área de estudos, a nível de desenvolvimento profissional. Um estágio curricular permite que os alunos ganhem experiência profissional e garante que aprendam da melhor forma sobre a profissão que escolheram.

Toda a experiência acrescentada nos currículos dos estudantes é vista como uma mais-valia, e pode ser usada como uma vantagem. No mercado de trabalho competitivo atual, torna-se cada vez mais importante os alunos aproveitarem as oportunidades que lhes são oferecidas para se destacarem no futuro. O ingresso num estágio curricular demonstra iniciativa, empenho e responsabilidade por parte dos alunos. Revela também uma vontade e interesse em ganhar mais conhecimento e experiência, como também em explorar as oportunidades do mercado de trabalho.

Além disso, cada vez mais as empresas procuram profissionais qualificados e com experiência prévia. Assim, este é um ponto bastante vantajoso que atrai mais a atenção das empresas quando estão em fase de recrutamento, numa etapa mais avançada da vida dos estudantes. Também, se os alunos se destacarem pelas suas atitudes e pelo seu trabalho na empresa durante o período de estágio, podem ser vistos como potenciais colaboradores e ter a oportunidade de virem a ser recrutados pela empresa.

Normalmente, os estágios curriculares têm uma duração de 3 meses, ou um número mínimo de horas a cumprir que devem ser respeitadas. Se as instituições de ensino não tiverem protocolos estabelecidos com empresas, ou se os alunos estiverem a procurar um estágio curricular por conta própria, podem recorrer a determinados portais, como estagiar.pt ou Carga de trabalhos, onde irão encontrar um leque de ofertas de estágios em várias áreas diferentes. Regularmente, os estágios curriculares não são remunerados, especialmente por serem de duração mais curta. No entanto, há empresas que podem oferecer custos de transportes e/ou de alimentação.

Assim, a realização de um estágio curricular tem diversas vantagens para o desenvolvimento pessoal e profissional dos estudantes e é, sem dúvida, vista como um requisito para um ingresso mais facilitado no mercado de trabalho.

Autoria: Madalena Pinto

Criatividade no CV Do it Better

Criatividade no CV – Como destacar o seu currículo

Criatividade no CV Do it BetterO currículo é um dos elementos mais importantes no mundo do trabalho, principalmente no momento em que nos candidatamos a uma vaga de trabalho. É através do currículo que criamos a primeira impressão, assim, o que pretendemos neste momento é conseguir destacar o nosso currículo dos demais, para isso é necessária uma pitada de criatividade.

Claro que o mais importante é o conteúdo, mas nos dias de hoje as empresas estão cada vez mais exigentes e valorizam cada vez mais a criatividade. Não querem receber apenas mais um currículo simples com um template que todas as pessoas usam, procuram a diferença. Um CV mais criativo dá a oportunidade de mostrar mais facilmente a personalidade do candidato e, a cima de tudo, aumenta a possibilidade de captar a atenção dos recrutadores.

Há várias formas de destacar o seu CV dos restantes. Pode diferenciar-se pela forma como organiza o conteúdo, pelo formato do próprio currículo ou até pela maneira como o entrega.  Veja o que pode utilizar para fazer sobressair o seu CV:

  • Cores e Icones

Os ícones ajudam a que a informação que tem no currículo pareça mais “leve”, uma vez que ao usar estes elementos não vai necessitar de usar tanto texto e, assim, o seu CV vai ser mais dinâmico. As cores ajudam a dividir a informação, nos títulos de cada secção do currículo é preferível que use uma cor diferente do texto corrido de modo a salientar o tipo de conteúdo que cada área tem.

  • Formato diferente/brochura

O problema de muitos currículos é que são demasiado difíceis de ler. Ao optar por uma brochura, ao mesmo tempo que está a ser criativo, está também a ajudar à fácil compreensão do conteúdo. Em formato de brochura, cada página pode ter um tipo de informação, ou seja, uma página para informações pessoais, outra para educação e outra para as competências por exemplo. Assim, apresenta um CV mais clean e apelativo.

  • CV Infográfico

O CV infográfico é uma ótima maneira de se diferenciar. Ao fazer um currículo com diferentes gráficos vai conseguir ter toda a informação importante numa só página. Logo, a informação vai estar apresentada de forma clara e bem nítida.  Se não for de todo fã de um currículo apresentado apenas através de gráficos e ícones, pode optar por usar esta técnica em apenas uma parte do seu CV como por exemplo na área das competências pessoais e profissionais.

Curso de Recursos Humanos Certificado

  • CV Animado

O formato de currículo animado é mistura ideal entre um CV infográfico e o currículo em vídeo, neste tipo de currículos a imagem e o dinamismo têm um papel fundamental. Esta é uma forma arrojada de apresentar o CV, e tem a vantagem de poder ser feito pelo e-mail.

  • Embalagem

Em vez de enviar o seu CV pelo email porque não o colocar dentro de uma embalagem? Através de uma embalagem cuidada, visualmente apelativa e com um bom conteúdo vai conseguir transmitir uma boa imagem pessoal e também profissional. Na embalagem pode colocar o seu currículo, um portfólio com trabalhos que já tenha realizado e se achar necessário uma carta de motivação.

Pense fora da caixa, use a sua criatividade para diferenciar o seu currículo, mas tenha atenção às suas escolhas, a forma como apresenta o seu currículo deve ser coerente com o conteúdo do mesmo e também com o trabalho a que se candidata.

Autoria: Ana Cardoso

 

10 Tendências da Decoração de Interiores

10 tendências de Design de intereiores

Costuma dizer-se que a nossa casa é um reflexo de nós próprios e da nossa personalidade. O cuidado com a decoração é cada vez mais visível e todos os anos chegam novas tendências sempre mais modernas. Este ano dá-se enfase a uma decoração mais ousada, onde se valoriza as cores fortes, os apontamentos sofisticados e os materiais sustentáveis.

Apresentamos-lhe as principais tendências de decoração de interiores de 2019:

  1. Fim da fronteira entre a casa de banho e o quarto

Cada vez se dá mais atenção à distribuição das divisões da casa, e o que se tem notado é que as pessoas preferem espaços mais amplos e abertos. A nova tendência de decoração é não haver divisão entre o quarto e a casa de banho. A melhor maneira de consolidar estas duas áreas é usar revestimentos semelhantes na parede e no chão e utilizar certos elementos que separem o quarto da zona húmida como por exemplo cabeceiras.

  1. Regresso do Veludo e do Mármore

O veludo é um material sofisticado e bastante elegante que tem sido muito usado nas decorações mais modernas e ousadas. Este material pode ser usado com cores mais intensas diferenciar o espaço. Vemos este material a ser mais usado nos estofes, dando nova vida aos sofás e cadeiras.

O natural tem sido bastante privilegiado na decoração de interiores, fazendo com que as pedras naturais voltassem a ser um material imprescindível na decoração das nossas casas. O mármore pode ser utilizado nas bancadas da cozinha, em pavimentos, na casa de banho, acessórios, vasos e até mesmo em peças de mobília, dando um ar mais moderno e vistoso à casa.

  1. Lareiras contemporâneas

As lareiras estão de volta, têm sido um dos elementos de decoração cada vez mais requisitado e estão completamente in. O design subtil aliado às lareiras modernas fazem toda a diferença na decoração de uma sala de estar, criando um ambiente mais cozy.

  1. Espelhos Vistosos

Os espelhos dão um ar mais elegante e sofisticado à decoração de uma casa. Acabam por dar um toque de suavidade e fazer com que as divisões pareçam mais amplas. Os espelhos estão cada vez mais in, principalmente os espelhos mais artísticos, grandes e redondos.

  1. Uso do preto mate

O preto é uma grande aposta no design de interiores. Se aliar o uso da cor pretos aos elementos de mármore vai ter um espaço mais moderno e sofisticado. É privilegiado o uso do preto mate em certos apontamentos como por exemplo torneiras, tubos que estejam visíveis.

Saiba o que realmente faz um Design de Interiores 

  1. Mais cor na cozinha

Ao longo dos últimos anos a cozinha tem ganho cada vez mais destaque na decoração da casa. As cores mais fortes estão a ganhar espaço na decoração desta divisão. Valorizam-se as cozinhas com cores mais intensas como o vermelho, verde e até mesmo o preto. Também o papel de parede tem sido bastante utilizado nesta área.

  1. Mobiliário Sustentável

Os moveis feitos à mão, com materiais reciclados e ecológicos estão cada vez mais populares na decoração de interiores. As formas deste tipo de mobiliário acabam por ser mais elegantes e fazem com que a casa fique com um aspeto mais artesanal. Sem dúvida que este tipo de mobiliário é o futuro da decoração de interiores.

  1. Flores

As flores ganham grande destaque no papel de parede e também em têxteis. Este tipo de padrão dá mais vida e personalidade a todas as divisões da casa. O papel de parede floral é mais usado em determinados cantos da casa onde se tem, por exemplo, uma secretária ou também nas casas de banho.

  1. Jardim por todos os cantos

O uso de plantas é cada vez mais visível dentro de casa sendo nos dias de hoje são indispensáveis nos projetos de coração. As plantas dão cor, frescura e uma certa fragância aos espaços.

  1. Tetos com mais cores

Os tetos meramente brancos já não se usam na decoração de interiores. O que está na moda agora é deixar as paredes em branco e pintar os tetos com cores mais fortes ou então colocar um papel de parede mais ousado.

Autoria: Ana Cardoso

O que realmente faz um Designer de Interiores?

Curso de Design de Interiores gratuito Do It Better

Já todos nós ouvimos falar em design de interiores, nem que seja naqueles típicos programas de televisão de remodelações de casas. Como aproveitar melhor as divisões, a decoração, as cores, toda uma panóplia de aspetos importantes na função de um designer. Mas afinal, o que realmente faz um designer?

Antes de tudo, temos de perceber o que é um designer de interiores.

Um designer de interiores é, no fundo, o responsável por melhorar a estética, acessibilidade e funcionalidade de um espaço, seja ele um pequeno T0 ou um espaço comercial.  No fundo, o designer deve ir ao encontro das necessidades dos seus clientes, oferecendo-lhes segurança, conforto e qualidade de vida nos espaços trabalhados.

Sendo assim, o que realmente faz um designer de interiores é satisfazer as necessidades dos clientes a todos os níveis, projetando e planeando diferentes espaços, atendendo ao conforto do cliente e exigências legais.

O designer deve ser capaz de:

  • Desenvolver projetos de decoração de interiores;
  • Organizar espaços e gerir ambientes internos;
  • Escolher os materiais e elementos adequados para realização de diferentes projetos de decoração de interiores;
  • Aplicar estilos de design, cores e iluminação na decoração de interiores;
  • Conhecer as principais ferramentas de modelagem 2D, 3D e renderização;
  • Elaborar orçamento para projetos de decoração de interiores;
  • Interpretar normas e legislações legais referentes ao trabalho do decorador de interiores.

Ou seja, a função de um designer é jogar com vários elementos até chegar ao resultado final.

Apesar de haver profissionais cujo trabalho é mais familiar, como um engenheiro ou um canalizador, o trabalho do Designer de Interiores não deve ser desvalorizado, estes são responsáveis por transformar a vida dos seus clientes através do design e decoração.

Autoria: Ana Lopes

Curso de Personal Trainer

Curso de Personal Trainer Certificado Gratuito 
O trabalho de um Personal Trainer vai para além da atividade física. Um bom profissional não se foca somente na aparência, mas também se preocupa pelo trabalho de prevenção de doenças e desgaste da própria saúde física e mental, tendo em conta que cada pessoa é um ser individual.

A prática de exercício físico é um dos conselhos mais dados pelas várias áreas da sáude, pois aliado ao corpo está a mente, e ambos são fundamentais para uma vida sã.

Deste modo, ao longo dos tempos, a valorização do exercício regular e do estilo de vida saudável tem vindo a crescer, nomeadamente no ceio das redes sociais, onde variados influencers e personagens públicas dão papel à promoção de vários produtos de fitness, como partilham a dinâmica por detrás de um planeamente refletido e organizado com um dado personal trainer, partilhando, inclusive, dicas de treino.

Mas para lá das telas de smarthphones, são vários os motivos pelos quais as pessoas procuram um especialista nesta área de desporto. Uns procuram prevenir lesões, outros objetivam um acompanhamento para competições de uma dada modalidade, outros procuram apoio motivacional, aumento de massa corporal magra, redução da gordura corporal, entre outros.

É neste momento que o Personal Trainer se encontra diante uma vasta cadeia de necessidades individualizadas, e necessita de desenvolver responsabilidades específicas, devido à diversidade de clientes e contextos de intervenção. Assim, para que um profissional de Personal Trainer possa exercer todas estas funções tem de obter uma formação certificada na área e apreender diversificados conteúdos teóricos, para que posteriormente os possa colocar em prática.

Curso de Personal Trainer Certificado gratuito
Assim, numa área que tem grande impacto na vida das pessoas, ser profissional Personal Trainer é um desafio, no entanto o centro de formação Do It Better tornamos a tarefa mais fácil. Num regime de formação à distância – b-learning – de 50 horas, poderá usufruir de um curso de Personal Trainer em que o principal objetivo passa pelo desenvolvimento de competências que permitam o planeamento de treinos, avaliação e prescrição de exercícios de acordo com as necessidades de cada cliente.

Um curso destingido pela elevada componente prática visando proporcionar aos formandos conhecimentos atualizados e contextualizados, de forma a contribuir para uma rápida adaptação e integração no mercado de trabalho. Com o curso de Personal Trainer você poderá aplicar técnicas de coaching, conhecimentos a cerca de nutrição, avaliação técnica, além de prescrever e supervisionar treinos. Após a formação poderá integrar-se em Health Clubs, Spa’s e Ginásios e exercitar funções como Personal Trainer, Treinador Privado ou Profissional Liberal.

Aposte nesta área de formação que permite que se integre no mercado de trabalho com facilidade pela larga procura das pessoas que pretendem obter um nível de vida saudável.

Forme-se como Personal Trainer e mude não só o seu rumo, como o de muitas pessoas.

Autoria: Catarina Brito

 

Curriculum Vitae em Vídeo Do It Better

Vídeo CV: Sim ou Não? 10 vezes mais hipóteses de contratação!

Curriculum Vitae em Vídeo Do It Better

Em pleno século XXI, onde o mercado de trabalho é cada vez mais competitivo e é difícil destacar-se, só pensamos como podemos fazer para chamar a atenção na fase recrutamento. O Vídeo CV é uma das opções mais criativas para os candidatos que pretendem sobressair na hora de apresentação às empresas.

Mas então, quais são as principais vantagens do Vídeo CV?

  • Personalidade

Haverá melhor maneira de transmitir as nossas paixões, experiências e conquistas?

O Vídeo CV tem uma grande vantagem comparado com o tradicional CV em papel. Este formato permite-nos dar a conhecer o nosso “verdadeiro eu”, a nossa personalidade. A utilização do sentido de humor, expressões faciais e linguagem corporal possibilita-nos interagir e criar uma ligação com o destinatário.

  • Criatividade

Se a ideia é chamar a atenção dos recrutadores, este é um dos principais fatores a investir: despertar a curiosidade do destinatário e mostrar as suas competências de forma criativa. Não tenha medo de ser criativo na edição e gravação do vídeo! Mostre o seu carisma!

  • É Visual

Explicar o percurso profissional através de imagem e vídeo, torna o processo menos aborrecido. Conciliando trabalhos anteriores, portfólio, experiência e competências em poucas palavras.

Afinal, está comprovado que o conteúdo visual é muito mais atrativo e que, aproximadamente, 40% das pessoas tem uma melhor resposta a conteúdos com formato visual do que a texto.

  • Proximidade com o Recrutador

Este meio permite uma maior proximidade com o recrutador, podendo até eliminar entrevistas desnecessárias. As empresas querem conhecer os candidatos e, no fundo, os recrutadores querem que estes se demonstrem o mais confortáveis possíveis e que contem a sua história com autenticidade.

Para além disto, é uma grande ajuda na otimização do tempo do recrutador permitindo-lhes avaliar os candidatos a qualquer hora e lugar.

O Vídeo CV tem características muito vantajosas num mercado cada vez mais digital. Tanto, que dizem que tem 10 vezes mais hipóteses de contração.

Sim, segundo a Unono, uma empresa de recrutamento digital especializada em millennials, os candidatos com Vídeo CV têm mais hipóteses de ser contratados.

Edgar Campos, Country Manager da Unono em Portugal, afirma que “Todos os dias contacto com responsáveis pelos processos de recrutamento e seleção das empresas que me indicam que é claro que o vídeo CV traz uma vantagem competitiva. Há competências que são mais evidentes neste formato do que num CV. Ter a certeza que um candidato tem as soft skills certas, acelera o processo de recrutamento”.

Acrescenta ainda, que numa base de dados com milhares de candidatos a dificuldade é encontrar o candidato certo. Justificando que “É essencial recorrer à tecnologia não só para tirar a informação mais relevante dos milhares de currículos que passam pelas mãos dos recrutadores como para dar a acesso a novos formatos de apresentação que valorizem os candidatos junto das empresas”.

Concluindo, Vídeo CV sim! Principalmente em áreas criativas, podendo também ser usado noutras áreas em complemento com o CV tradicional.

Não se limite ao papel, afinal nos dias de hoje temos sempre que “pensar fora da caixa “!

Autoria: Ana Lopes

CCP baratos

Seja um Formador Better: Transmita os seus conhecimentos

CCP baratos

É senso comum que o conhecimento não ocupa lugar. E o que poderá ser melhor do que partilhá-lo e adquirir um rendimento extra através da sua área de estudo?

O Certificado de Competências Pedagógicas (CCP) permite-lhe dar Formação no seu setor, dando-lhe a possibilidade de prosseguir uma carreira de sucesso que o diferencia no mercado de trabalho.

Um grande conhecimento do meio, aliado a uma boa capacidade de comunicação e transmissão de conteúdos são os fatores essenciais que constroem um excelente Formador.

Saiba todas as razões para investir num CCP!

A Do It Better forma constantemente novos profissionais, das mais variadas áreas, lançando Formadores altamente qualificados para o mercado de trabalho.

CCP Ex-cap Barato

Ainda não está convencido a fazer a Formação Pedagógica Inicial de Formadores (FPIF) connosco? Então analise os seguintes pontos:

 

  • Possibilidade de conjugação com outro emprego (consoante o seu horário, poderá adaptar-se, de forma a conseguir conciliarcom algumas horas de Formação);

  • Rendimento Extra (Por muito bom que seja o nosso salário, dá sempre jeito um rendimento extra. Fazendo mais algumas horas de trabalho semanais, poderá retirar alguma vantagem monetária);

  • Aproveitamento de Formandos (a Do It Better faz questão de formar os melhores profissionais, sendo que tem por hábito recorrer a ex-alunos de FPIF para passarem a dar Formação na sua área);

  • Diversidade de áreas (os nossos Centros de Formação contam com cursos das mais variadas áreas, havendo uma grande possibilidade de poder ser Formador, futuramente, na nossa escola);

  • Evolução constante na área de estudo (o sucesso passa pela evolução e não devemos parar de explorar a nossa área, permitindo-nos uma constante descoberta do nosso potencial)

Autoria: Andreia Miranda

Cãominhada Solidária - "Sou Saudável"

CÃOMINHADA SOLIDÁRIA “SOU SAUDÁVEL”

No dia 13 de abril a turma do Curso de Técnico Auxiliar de Veterinária e Estética Animal da Do It Better Porto organizou uma “Cãominhada Solidária” para o Projeto de Intervenção Social e Comunitária.

O principal objetivo desta iniciativa é o combate à obesidade e à vida sedentária dos animais de estimação e a angariação de fundos para os bens necessários da Associação dos Animais da Quinta.

A saúde do nosso animal reflete-se na nossa rotina. E se adequarmos os hábitos ao sedentarismo, não só colocamos o nosso bem-estar em causa, como do nosso melhor amigo de quatro patas. A obesidade em animais é o maior problema de saúde dos animais de companhia e combater o excesso de peso é uma das formas de fugir às doenças associadas à obesidade, como doenças cardíacas ou diabetes. Para isso é necessário manter os animais ativos, a par de uma dieta específica, indicada por um médico veterinário, para proporcionarmos um estilo de vida vigorosa ao animal.

Para combater este problema é necessário um grande compromisso por parte do dono do animal:

  • Deve de adaptar as porções das refeições, de acordo com a raça do animal, nomeadamente três vezes por dia e com um intervalo entre as mesmas.
  • Durante toda a vida do animal o exercício físico é a chave mestra, por isso deve fazê-lo de forma contínua.

Mesmo com a previsão de chuva, a turma e a Do It Better Porto agradecem a todos os que participaram, porque por detrás de um cão saudável, está um dono feliz!

Autoria: Ana Lopes