Blog - Do It Better

Category Archives: Blog

6 Passos para a realização de um processo de recrutamento

6 Passos para a Realização de um Processo de Recrutamento

O processo de recrutamento vai ser a porta de entrada para novos colaboradores na empresa, por isso é essencial ter estratégias e objetivos bem definidos de forma a contratar a pessoa que se procura. Fique então a conhecer 6 Passos para a realização de um processo de recrutamento com êxito.

Análise das necessidades da empresa 

 O primeiro passo para o sucesso é pesquisar e definir o que é que a empresa procura. As definições das necessidades vai permitir a melhor descrição das funções e das habilidades que se esperam do novo colaborador.

 

Descrição das funções e divulgação

A descrição das funções e das atividades a serem realizadas pelo colaborador devem estar bem explicitas e detalhadas. A divulgação da procura por novos trabalhadores pode ser feita através da Internet, onde existem milhares de plataformas a que pode recorrer.

Análise de currículos

 Depois da divulgação é importante fazer uma observação detalhada a todos os currículos recebidos para ir ao encontro das pessoas que mais se adaptam às necessidades pretendidas.

Entrevistas

Após a seleção dos melhores candidatos, segue-se a hora das entrevistas. As entrevistas devem ser presenciais e têm como foco perceber o potencial, a disponibilidade e as habilidades dos diversos candidatos.

Seleção

 A seleção do candidatos é umas das fases mais importantes para o sucesso da empresa. O novo colaborador deve ser escolhido de forma criteriosa e racional, sendo importante realizar um acompanhamento para a melhor integração possível, seguindo-se o processo de contratação.

realizar um processo de recrutamento

Perceção dos não contratados

É importante depois da escolha do candidato efetivo, enviar um agradecimento a todos os que não foram selecionados como forma de deixar boa impressão.

Agora que já conhece os passos essenciais para um bom recrutamento, é só definir as necessidades, criar uma estratégia e escolher o melhor candidato para alcançar o sucesso da sua empresa.

 

Mitos e Verdades sobre as unhas de gel - Do It Better Curso de Técnico Estética e Unhas em Gel

Mitos e Verdades sobre a Unhas de Gel

Mitos e Verdades sobre as unhas de gel - Curso de Técnico Estética e Unhas em Gel Do It Better

As unhas de gel são uma técnica que veio para ficar e são cada vez mais as mulheres que não lhe resistem.

A saúde das nossas unhas depende de cada um de nós e da nossa responsabilidade ao entregá-las aos cuidados de uma profissional competente.

Fique a conhecer os mitos e verdades sobre esta técnica de mãos tão procurada pelas mulheres.

 

O gel é seguro para as unhas Do It Better

  • O gel é seguro para as unhas

Verdade : O CIR (Cosmetic Ingredient Review) garante que os produtos de gel UV são seguros para aplicações em unhas naturais, desde que não haja contacto com a pele.
Há que ter em atenção que o gel não é barato e existem diversas alternativas com preços baixos, que podem não ser certificados e podem prejudicar as unhas.

 

 

Existem riscos ao remover as cutículas Do It Better

  • Existem riscos ao remover as cutículas

Verdade: A cutícula é uma proteção natural da unha. Por isso, a remoção das cutículas pode favorecer processos inflamatórios à volta da unha. Os profissionais da área, antes de tratarem das unhas, cuidam das cutículas aplicando alguns produtos hidratantes e protetores. É aconselhada apenas a remoção das peles mortas que estejam por cima da unha.

 

 

Unhas de gel não aumentam o risco de cancro da pele Do It Better

  • Unhas de gel aumentam o risco de cancro da pele

Mito: As lâmpadas UV e LED utilizadas para secar as unhas de gel emitem radiação ultravioleta. Esta radiação contribui para o envelhecimento precoce da pele e, nalguns casos, para o aparecimento do cancro da pele. No entanto, o risco é baixo e não há estudos suficientes que provem que as lâmpadas UV usadas para fazer as unhas de gel provocam cancro.

 

 

Com o gel as unhas deixam de respirar Do It Better

  • Com o gel as unhas deixam de respirar

Mito: As unhas não respiram, recebem oxigénio através dos vasos sanguíneos que estão na base da unha. As unhas são constituídas por células mortas e queratina.

 

 

O gel pode tornar as unhas fracas e quebradiças Do It Better

  • O gel pode tornar as unhas fracas e quebradiças

Mito: O gel não deixa a unha em más condições. O enfraquecimento das unhas deve-se sobretudo a deficiências de nutrientes que são essenciais para a constituição da unhas como o cálcio, zinco e vitaminas A,B e E.

Ainda, as unhas de gel são muito resistentes e protegem a unha natural à medida que vai crescendo, fortalecendo-a. Por isso, podem até ser uma boa solução para quem tem unhas fracas ou o vício de as roer.

 

 

O leite e os derivados com cálcio não fortalecem as unhas fracas Do It Better 

  • O leite e os derivados com cálcio fortalecem as unhas fracas

Mito: Os produtos ricos em cálcio não dão um fortalecimento extra às unhas. Estar bem nutrido de forma geral é o caminho para o bem-estar do corpo e para umas unhas fortes.

 

Autoria: Daniela Santos

Mitos e Verdades sobre a Tatuagem - Curso de Tatuagem Do It Better

Mitos e Verdades sobre a Tatuagem

Mitos e Verdades sobre a Tatuagem

Mitos e Verdades sobre a Tatuagem - Curso de Tatuagen Do It Better

Por ser uma transformação definitiva na pele, continuam a surgir muitas perguntas quando o assunto é a tatuagem. Há vários mitos e verdades urbanas que vamos agora descodificar neste artigo.

Tecnicamente, na tatuagem a pele é pigmentada com substâncias corantes, de origem vegetal ou mineral, através de agulhas. Os tatuadores devem usar materiais descartáveis (agulhas, máscaras, luvas, lâminas e raspador de pelos) e produtos antissépticos, como álcool, durante e após o procedimento. É necessário ter em atenção os cuidados de higienização e cicatrização.

 

Agulha esterilizada - Curso de Tatuagem Do It Better

  • A agulha deve ser esterilizada

VERDADE: A agulha deve ser esterilizada ou até mesmo descartável. Os profissionais defendem que o ideal é que a agulha seja descartável para evitar o risco de infeções. Qualquer outro material que tiver contacto com sangue deve ser esterilizado e a pele limpa com soro fisiológico para garantir a higiene e saúde do cliente.

 

Tatuagem pode causar alergia na pele - Curso de Tatuagem Do It Better

  • A tatuagem pode causar alergia na pele 

 VERDADE: Pode provocar uma reação chamada dermatite de contacto, uma espécie de reação inflamatória na pele, devido ao contacto com a tinta. Esta pode causar irritação ou alergia, mas geralmente só acontece a pessoas potencialmente alérgicas. Não é contagiosa nem tem riscos para a vida, basta iniciar um tratamento anti-inflamatório.

 

Partes do corpo que doem mais a tatuar - Curso de Tatuagem Do It Better

  • Existem partes do corpo que doem mais a tatuar que outras

VERDADE: O nosso corpo é composto por muitos ossos, cartilagens e áreas com grande inervação e/ou vascularização, por isso alguns lugares como mucosas, o rosto e as extremidades (dedos, mãos e pés) causam mais dor.

 

O sol pode danificar a tatuagem - Curso de Tatuagem Do It Better

  • O sol pode danificar a tatuagem

VERDADE: O sol e a exposição à radiação é um dos principais fatores que pode dificultar a cicatrização e danificar a pigmentação. É essencial usar protetor solar e evitar uma grande exposição solar!

 

 

Cloro ou água salgada e área tatuada - Curso de Tatuagem Do It Better

  • Cloro ou água salgada são prejudiciais à área tatuada

VERDADE: A pele onde a tatuagem foi aplicada é como se fosse uma ferida. Nadar com feridas abertas deixa a pele vulnerável a bactérias e outros germes , aumentando o risco de infeção. É necessário evitar a água do mar e as piscinas com cloro durante a cicatrização da tatuagem.

 

 

O pelo não nasce no local da tatuagem - Curso de Tatuagem Do It Better

  • O pelo não nasce no local da tatuagem

MITO: O pelo continua a nascer sim! Caso queira deixar a tatuagem sempre visível e com as suas características definidas, é necessário manter a depilação em dia.

 

Cuidados na cicatrização da tatuagem- Curso de Tatuagem Do It Better

  • Os cuidados com a pele ajudam na cicatrização

VERDADE: A hidratação local é sempre indicada para acelerar o processo de cicatrização. O ideal é hidratar bem a pele com um produto livre de perfumes e outras substâncias com potencial alergénico.

 

Restrições alimentares após fazer a tatuagem - Curso de Tatuagem Do It Better

  • Existem restrições alimentares após fazer a tatuagem

MITO: Há suposições de que a alimentação pode interferir na recuperação da pele e que alguns tipos de alimentos como gorduras, carne de porco e fritos podem aumentar a hipótese de inflamações após fazer uma tatuagem. No entanto, não existem evidências científicas para sustentar essas afirmações.

 

Autoria: Daniela Santos

Veterinária / veterinária-24-h ou veterinária-24-horas / veterinária-online/ artigo/ artigo-de-opinião/ associação-animal/ formação-profissional

Faça parte de uma equipa médica pela causa animal

Veterinária / veterinária-24-h ou veterinária-24-horas / veterinária-online/ artigo/ artigo-de-opinião/ associação-animal/ formação-profissionalNo decorrer do tempo a adesão à causa animal aumentou e tornou-se num dos campos mais persuasivos dentro da sociedade. Tem a força necessária para juntar os demais em manifestos pelos direitos daqueles que não têm voz e criar uma corrente que mostra uma nova visão dos animais através da empatia.

Muitas são as pessoas que tomam a decisão de se formarem em Medicina Veterinária ou optam por cursos mais técnicos como o de Assistente Auxiliar de forma a satisfazerem o seu gosto por animais. Na verdade, quem opta por esta formação tem de ter um carinho especial por este seres, pois neste caso é necessário ter “amor à profissão”. Contudo, após o término e obtenção do certificado a procura surge, essencialmente, em clínicas veterinárias, seguidas de lojas específicas para venda de produtos para animais, onde aplicam, por exemplo, técnicas na área de estética animal.

Existem, por outro lado, outras saídas profissionais para a aplicação de conhecimentos na área de Veterinária e que dão realce ao currículo de quem se pretende distinguir dos modelos comuns. Exemplo disso é a oportunidade de integrarem em associações de causa animal, onde poderão adotar uma atitude de compaixão e prestar assistência a animais que estão, geralmente, em situações desfavorecidas. Para além da experiência enriquecedora, poderão ter contacto com realidades, que ao contrário, de clínicas privadas não surge com regularidade. Ganharão vivências e práticas que poderão traçar-lhes um projeto de vida rico de conhecimento, técnicas e emoções. Algo que poderão guardar para sempre e partilhar com os profissionais que nunca puderam  agregar nesse tipo de trabalho de campo.

Saiba quais os projetos de intervenção comunitária realizados na Do It Better

Demonstração real desta forma de ação são os Veterinários Sem Fronteiras (VSF), uma jovem associação internacional, que junta esforços e dá apoio aos países em vias desenvolvimento, onde os serviços de Veterinária são muito deficientes. Umas das suas últimas missões focou-se na ajuda de tratamento de doenças transmissíveis ao Homem em Cabo Verde. Para além da prestação de assistência aos médicos veterinários da cidade de Santiago no tratamento de cães e gatos, deram ainda apoio às autoridade locais no controlo das populações de cães vadios e partilharam conhecimentos entre os profissionais, alertando para as mais de 60 doenças que podem ser transmitidas dos animais para as pessoas.

Pertencer à área de veterinária não se condensa ao cuidado de animais de companhia num ambiente formal e cuidado. Quem integra nesta área passa também pela partilha e aprendizagem de conhecimentos fora da bolha constante e acaba por participar num trabalho que se traduz em recompensa. Ou seja, trata-se de experimentar a profissão dentro de outros moldes, onde se dá resposta a todos os animais, independentemente de terem ou não uma pessoa responsável por eles. Pertencer a uma instituição humanitária, que visa uma causa, onde a atitude centra-se no animal, torna o desafio maior, mas ao mesmo tempo sente-se um participante ativo e apoiante de uma causa.

Autoria: Catarina Brito

Como criar um Portefólio Do It Better

Saiba quais as vantagens de ter um Portefólio!

Criação de um Portefólio Do It Better

No decorrer da formação o formando vai realizando vários trabalhos, pelo que se torna bastante útil a construção de um Portefólio. O Portefólio consiste numa compilação de trabalhos elaborados pelo formando ao longo da formação, em suporte físico, dossier ou digital.

O principal objetivo da construção de um Portefólio é ajudar o formando a visualizar e ter perceção da sua evolução ao longo da formação, e futuramente vai ser bastante útil para ingressar no mercado de trabalho, pois é um documento, físico ou digital, onde ele demonstra as suas competências.

Existem áreas em que é essencial ter um Portefólio, tais como, barbeiro, cabeleireiro, design, cozinheiro, estética, entre outras. Nas áreas referidas anteriormente é útil a criação de um Portefólio pois é a única forma que têm de expor as suas habilidades e evolução ao longo do tempo.

Relativamente à estrutura de um Portefólio, este deve ser estruturado por assuntos, nomeadamente, dados do autor (Nome, Curso, Instituição…); índice com a designação dos documentos ( todos os trabalhos devem conter a data); introdução a explicar o porquê da realização do Portefólio e a colocação dos documentos do mais antigo para o mais recente, de forma a visualizar a evolução ao longo da formação.

A criação de um Portefólio está sujeita a alguns critérios, particularmente, criatividade, organização, apresentação, correção linguística, responsabilidade, dedicação, autonomia e postura profissional. A criação de um Portefólio também é vantajosa nos momentos de auto e heteroavaliação.

Desta forma, o Portefólio deve ser construído ao longo do processo de aprendizagem para permitir que o formando tenha a noção do caminho que está a percorrer, dando-lhe a oportunidade de voltar atrás em qualquer momento que considerar importante.

Deixamos aqui alguns sites onde pode criar o seu Portefólio:

Autoria: Mariana Fialho

Recursos-humanos |curso-de-recursos-humanos |recursos-humanos-emprego | gestão- de-recursos-humanos | tecnico-recursos-humanos

As 6 tarefas imprescindíveis de uma equipa de Recursos Humanos

 

Recursos-humanos |curso-de-recursos-humanos |recursos-humanos-emprego | gestão- de-recursos-humanos | tecnico-recursos-humanosA sigla RH, uma abreviatura para a denominação de Recursos Humanos caracteriza o papel fundamental do profissional que seleciona, contrata, desenvolve, treina, motiva, recruta, reconhece, atrai e retém colaboradores.

Quem se forma em recursos humanos, não deve de idealizar um futuro estático, com uma única função. Pertencer ao departamento de RH é uma tarefa multidisciplinar, onde as responsabilidades são múltiplas e a atuação é essencial para que a empresa possa conquistar os seus objetivos com a maior eficiência produtiva e maximizar os resultados.

Num ambiente organizacional funcionam como parte representante da empresa. Quase como uma primeira voz, são a ponte de contacto com o futuro profissional, mas sabe quais as 6 tarefas imprescindíveis de uma equipa de Recursos Humanos?


Descubra quais as tarefas diárias existentes:

  • Alocação dos profissionaisDefinir quais os cargos e funções destinadas a cada profissional contratado é uma função determinante para a organização da empresa. Aqui é o momento em que os RH passam a apresentar a cultura, condutas e preceitos da empresa e avaliar a qualidade do desempenho e produtividade dos colaboradores de modo geral. Após a apresentação inicia-se a atribuição de tarefas aos novos funcionários para que estes se possam integrar na empresa.
  • Treino e Desenvolvimento – O profissional de RH tem também como papel fundamental o acompanhamento da evolução dos funcionários por meio de programas que permitam o desenvolvimento de novas habilidades técnicas, emocionais e comportamentais dos trabalhadores da empresa, tal como o aperfeiçoamento dos seus conhecimentos e expansão das competências já existentes.
  • Gestão dos conhecimentos – Os RH têm acesso a um banco de dados com todas as informações referentes aos funcionários da empresa, e a partir dessa base é permitido ao setor de Recursos Humanos traçar o perfil dos seus funcionários, tendo como vantagens o processo de recrutamento interno e também de promoção e alocação de profissionais de uma área para a outra.

Saiba também quais os seus direitos em termo de formação

  • Retenção de Talentos – Este é uma das funções mais importantes do setor de RH, pois consiste no desenvolvimento de estratégias efetivas para reter os talentos de uma empresa. É fundamental reter um funcionário de alto desempenho, pois a perda de um poderá representar o fortalecimento da concorrência. Assim, os RH devem de criar formas de motivar, valorizar e principalmente reter os talentos da equipa de forma contínua.
  • Benefícios, Cargos e Salários – Outra das funções essenciais dos RH é a gestão e distribuição de benefícios aos funcionários. Tais benefícios podem traduzir-se num maior desempenho por parte dos trabalhadores, uma vez que oferecer algo mais, para além do salário, como um plano de saúde, por exemplo, pode conduzir a uma maior atração profissional.
  • Identificação de atividades formativasO profissional de Recursos Humanos tem a tarefa de identificar, gerir e promover ações contínuas, de modo a aumentar a produtividade e promover o crescimento de conhecimentos dos trabalhadores da empresa. 

Pode-se constatar que para obter um perfil forte no departamento de RH é necessário coletar um vasto leque de habilidades para que a empresa tenha um alto funcionamento. Assim, projeta-se que um bom trabalhador de RH seja um bom comunicador, tenha facilidade no relacionamento interpessoal, uma visão étnica e de futuro, competência e mediação de conflitos, que seja bem informado, tenha boa capacidade de planeamento, que seja organizado e crie uma boa execução e gestão das tarefas, inspire espírito de liderança, empatia, que se foque e que tenha um bom senso.

Abranger todas estas qualidades é indispensável, pois tais profissionais estão na realidade a lidar diariamente com pessoas de diferentes perfis, com necessidades e interesses dispares. Assim, se reunir todas estas qualidades está preparado para fazer parte de uma equipa dentro deste setor que é o de Recursos Humanos e preparado para lidar e se relacionar com todos os tipos de colaboradores de forma eficiente.

 

Autoria: Catarina Brito

 

kuriakos-do-it-better-tv

Do It Better no Kuriakos TV

do-it-better-kuriakos-tv

O Centro de Formação Profissional Do It Better estreou-se, pela primeira vez, no canal Kuriakos Tv, para dar a conhecer a sua oferta formativa e a exclusiva metodologia de ensino 360º.

A convite da estação televisiva Kuriakos TV, um canal com conteúdos informativos de entretenimento e lifestyle, o centro formativo apresentou-se no programa Conversa de Mulheres, no dia 25 de junho, onde se deu a conhecer através da Coordenadora Pedagógica Responsável do Centro do Porto, Sílvia Rocha. A Coordenadora Pedagógica foi a voz da empresa, e apresentou de forma evolutiva todo o desenvolvimento do centro Do It Better até ao dia de hoje.

Para além da partilha de todos os cursos existentes, foi também dada a conhecer a única e inovadora metodologia adotada pela empresa, desde que iniciou a atividade no setor de formação profissional: a Metodologia 360º. Um método exclusivo de formação, com o objetivo de permitir que os formandos tenham um maior contato real com o contexto laboral, oferecendo-lhes ferramentas pedagógicas que garantem o seu profissionalismo, tal como a fácil e rápida integração no mercado de trabalho.

No seguimento da estratégia de expansão da empresa foi também divulgada em 1ª mão a abertura de dois novos centros: um na cidade de Cascais e outro na capital do arquipélago da Madeira, Funchal, com datas previstas de inuguração para o final do mês de julho e início de agosto.

Caso não tenha tido oportunidade de ver o programa em direto, deixamos-lhe em rodapé a ligação direta que lhe levará para a página de Facebook do programa Conversa de Mulheres, onde poderá visualizar a entrevista na integra.

Para aceder à entrevista completa clique aqui: Conversa de Mulheres | Sílvia Rocha

Autoria: Catarina Brito

 

Cuidados-a-ter-com-o-idoso

Cuidados a Ter com um Idoso em Casa

Cuidados-a-ter-com-o-idoso

É essencial oferecer um acompanhamento adequado e um ambiente seguro para o bem-estar, por isso vamos apresentar alguns cuidados a ter com um idoso em casa.

A casa é o local em que os idosos passam a maior parte do seu tempo, por isso é fundamental ter em conta alguns cuidados para a sua qualidade de vida e bem-estar constante, tais como:

  • A casa deve ser bem iluminada;
  •  Deve conseguir assegurar a facilidade de mobilidade;
  •  Retirar os tapetes que são uma forma constante de desequilíbrio;
  • Assegurar que não existem fios no chão para o idoso não tropeçar;
  • Colocar corrimões em todas as escadas;
  • Em lugares bem visíveis deve estar presente números de telefone de familiares, vizinhos, amigos ou emergência para facilitar a comunicação e a procura de socorro se for necessário;
  • Colocar os remédios num local visível, estar atento aos horários da medicação e assegurar que o idoso a toma.

O bem-estar a nível psicológico é também essencial para o idoso viver um resto de vida pleno, é por isso essencial estimular as saídas de casa e oferecer um estilo de vida mais ativo, através de passeios ou idas ao café por exemplo, realizar um acompanhamento às consultas médicas e fazer companhia física e conversar. Estes são os melhores cuidados que se podem oferecer a um idoso.

Tomar conta de um idoso pode ser trabalhoso mas também oferece uma recompensa emocional muito grande, sendo uma atividade muito reconfortante.

Demonstrar preocupação e interesse pelos idosos são actos que os estimulam a cuidar de si mesmos. Agora que ficou a conhecer os cuidados a ter com um idoso em casa, elabore estratégias para a criação de uma vida plena.

Autoria: Catarina Mexia

Cursos de Formação Certificados

Sessões de Autonomia e Cooperação: um bónus para se aperfeiçoar ainda mais

Aulas de Autonomia Do It Better

As Sessões de Autonomia e Cooperação integram as atividades da metodologia dos cursos da Do It Better. Estas sessões são uma excelente oportunidade para os formandos testarem os seus conhecimentos e colocá-los em prática de forma ativa e autónoma.

No que consistem estas sessões?

As Sessões de Autonomia e Cooperação são pensadas na independência profissional dos formandos. Para além do curso, os formandos contam com módulos extra, onde podem usufruir das infra estruturas e materiais da instituição para colocar em prática algumas atividades planeadas. O objetivo é que estas atividades sirvam não só como elemento de avaliação e esclarecimento de dúvidas, mas ainda permitam o desenvolvimento do potencial do formando.

Quais são as vantagens destas sessões no futuro do formando?

A opinião de alguns formandos é que estas sessões ajudam a “desenvolver melhor os módulos e enraizar melhor as matérias” afirmou a formanda Marcela do Curso Técnico Auxiliar de Fisioterapia e Massagem, e também na “resolução de problemas” como contaram as formandas Inês Santos e Rute Mota do Curso Técnico Administrativo e de Recursos Humanos.

A autonomia destas sessões leva a momentos em que os formandos se deparam com algumas dificuldades e obstáculos que na opinião da formanda Kissa do Curso Técnico Auxiliar de Veterinária são “muito úteis, visto que nos iremos deparar com situações em que estamos sozinhos e ninguém nos poderá ajudar, portanto perante essas situações, já nos estamos a preparar para o nosso futuro”.

Para além disso, esta atividade permite aos formandos explorarem a sua independência profissional “não estamos ali como aluna, estamos como uma profissional a trabalhar” contou Ermelinda, formanda do Curso Técnico de Estética, Unhas em Gel e Maquilhagem Profissional.

As Sessões de Autonomia e Cooperação são, sem dúvida, um método que valoriza a identidade de cada formando e dotam-nos com competências para uma fácil integração no mercado de trabalho. Este método de avaliação faz parte de uma metodologia única e inovadora que tem trazido resultados claros para o futuro profissional de todos os formandos que têm passado pela Do It Better.

 

Autoria: Daniela Santos

Equipamentos-para-abrir-uma-barbearia

Equipamentos essenciais para abrir uma barbearia

Fique a conhecer os equipamentos para abrir uma Barbearia

Depois da formação muitos Barbeiros não sabem quais são os passos essenciais para abrir um espaço comercial, por isso apresentamos neste artigo os equipamentos essenciais para abrir uma barbearia.

Inicialmente, vai definir o local onde quer localizar a sua barbearia, sendo fundamental de seguida definir a sua tipologia, ou seja, pensar no estilo, no segmento de pessoas que quer atingir, no nome e no logótipo, criando uma imagem de marca.

O tamanho do local é também importante para conseguir calcular o material que vai necessitar de comprar. Por isso, visite o espaço antes de o adquirir, pense naquilo que quer para o seu salão e calcule minuciosamente o investimento. Nunca ouviu dizer que mais vale prevenir do que remediar? É verdade, quando abrimos uma empresa precisamos de ter em consideração mil e uma coisas, e o espaço é a base estruturante para o sucesso.

Saiba também o que precisa de saber para abrir legalmente uma barbearia !

O material base da barbearia vai-se definir como o material estrutural, isto é, o estabelecimento ou o espaço físico, uma placa de identificação, lavatórios, cadeiras de barbeiro, armários, um balcão para atendimento, espelhos e cadeiras para as pessoas que estão à espera. Pense em como decorar o seu espaço de A a Z.

É também importante trabalhar a ativação da sua marca ainda antes de abrir o seu espaço. Mostre-se ao mundo, dê-se a conhecer e apresente, por exemplo uma oferta para os primeiro clientes. Aposte na divulgação em massa, faça uma distribuição de flyers, crie uma página de facebook e dê asas à sua imaginação.

Para exercer a profissão é imprescidível uma Formação Profissional.

Curso-de-Barbeiro-Profissional

É ainda fundamental ter à disposição os materiais apropriados para exercer da melhor maneira o seu trabalho. Os equipamentos essenciais para uma barbearia são:

  • Tesouras de corte e de desfiar;
  • Máquinas de cortar cabelo;
  • Escovas;
  • Aventais;
  • Navalhetes;
  • Borrifadores de água;
  • Toalhas.

Para o sucesso da barbearia deve ter em conta os trabalhadores que contrata, os fornecedores que utiliza e os preços praticados pela concorrência.

O estabelecimento dos preços deve ser feito através de uma análise das restantes barbearias existentes e dos preços estabelicidos por elas, sendo que esta análise é inevitável para manter a barbearia viva e competitiva.

A sua barbearia deve ser vista pelo público como um espaço convidativo e que os faça sentir bem acrescentado valor ao seu negócio. É necessário investir na decoração e na criação de um ambiente acolhedor que crie fidelização e atraía mais clientes.

Já ficou a conhecer o essencial para abrir uma barbearia… Agora é só colocar em prática os conhecimentos adquiridos e rentabilizar da melhor maneira o seu negócio.

Autoria: Catarina Mexia

A Do It Better abre um novo centro de formação em Cascais

Inauguração de um novo centro de Formação Profissional em Cascais

Com o objetivo de estar cada vez mais próximo dos seus formandos e de prolongar o seu crescimento, a Do It Better prepara-se para abrir um novo centro de Formação Profissional em Cascais já no próximo mês de Julho.

A Do It Better é um centro de formação certificada que pretende atender às necessidades dos seus clientes de forma personalizada, através de soluções que dão resposta ao mercado de trabalho. Assim, a Do It Better procura estar sempre próximo dos seus clientes para fomentar o seu sucesso. Foi com esta visão que se apresenta este novo projeto de implementação de mais um centro a nível nacional, de modo a criar mais oportunidades para o seu público em Cascais ao oferecer cursos de formação em diversas áreas como a Saúde, Beleza, Educação e Segurança.

Nas suas formações, a Do It Better tem como prioridade potenciar as aptidões dos seus formados, tornando-os profissionais de excelência na sua área. Faz também para dos seus objetivo garantir a confiança do seu público e ser a primeira escolha do mercado.

A Do It Better tem também Formação Específica para Empresas, direcionada para PMEs que procuram aumentar as qualificações dos seus quadros, bem como de dar continuidade à formação contínua nas suas empresas.

Deste modo, a Do It Better procura responder às inúmeras solicitações recebidas por parte do público residente da localidade de Cascais, correspondendo às necessidades do mercado de trabalho.

Vida depois da Do It Better

Acabei a minha formação e agora?

Depois de investir na Do It Better e ter o certificado na mão, o que se segue?

Quais são as minhas opções?

Estas são as questões mais feitas pelos formandos após acabarem a sua formação profissional. A vida depois da Do It Better, o que esperar? Claro que a resposta óbvia é arranjar emprego na área. Mas essa não é única opção! Porque não começar o seu próprio negócio?

Na Do It Better preparamos os nossos formandos ao incluir nos nossos conteúdos programáticos módulos como “Empreendedorismo (Conceito, Oportunidade vs Necessidade, Plano de Negócios).

Este módulo tem como objetivo para o formando:

  • Perceber o conceito de empreendedorismo;
  • Descrever, analisar e avaliar uma ideia de negócio capaz de satisfazer as necessidades;
  • Identificar e aplicar formas de recolha de informação necessárias à criação de um negócio.;
  • Reconhecer a viabilidade de uma proposta de negócio;
  • Reconhecer as características de um negócio e a sua prossecução;
  • Identificar financiamentos, apoios e incentivos à criação de um negócio.

 

Os números dos últimos anos falam por si, cada vez mais jovens criam negócios e startups de grande sucesso. Não é um processo fácil e definitivamente que não é para todos, mas se este é o seu sonho não desista!

São vários os nossos formandos que optaram por este caminho, como é o exemplo do nosso formando Ramiro Vila. O Ramiro realizou o curso de Barbeiro Profissional na Do It Better e desde que terminou a sua formação nunca mais parou na sua própria Barbearia e em outras.

Escolha agir pelo seu futuro, independentemente de criar o seu próprio espaço ou de investir em outros projetos, o importante é crescer, desenvolver as suas capacidades interagindo e colocando em prática tudo o que aprendeu. A vida depois da Do It Better é um futuro que só nós podemos construir.

Autoria: Ana Lopes