5 Jogos para Fazer com as Crianças em Casa

As crianças brincam porque gostam e sentem prazer em fazê-lo, sendo uma forma de expressar sentimentos e experiências. Brincar está diretamente ligado ao desenvolvimento e criatividade, por isso deve ser constatemente estimulada. Conheça 5 Jogos para Fazer com as Crianças em Casa

Fantoches

Para fazer um fantoche, pegue numa meia e coloque-a dentro da sua mão fazendo 2 pontos para os olhos; Retire da mão, cole os olhos e decore à sua vontade.

Os fantoches possuem um enorme valor educativo porque permitem trabalhar a expressão gestual e oral das crianças, para além de estimular a criatividade, a capacidade de atenção e concentração.

Cabra Cega

Uma criança tem os olhos tapados e é girada para perder um pouco a orientação. As restantes fogem dela para não serem apanhadas e assim começa o jogo.
Quando a "cabra cega" apanha outra pessoa, tenta adivinhar quem é e será essa a próxima a apanhar.

Este é um jogo que potencializa a proximidade entre as crianças e leva-as a experimentar tocar uns nos outros.

Telefone Estragado

Este jogo é feito em grupo, sendo que o primeiro jogador sussura ao ouvido uma frase ou mensagem à criança à sua frente e assim por diante. O último da fila repete em voz alta aquilo que lhe dizeram, sendo que o objetivo é ele repetir aquilo que o primeiro disse, contudo isto é raro acontecer.

Este jogo é vantajoso para trabalhar a memória, a concentração e a imaginação, para além de ser bom para discutir com as crianças a importância de respeitar os segredos que lhe contam e a importância da verdade.

Caça ao Tesouro

Existem vários tipos de caças ao tesouro. Na sua preparação, deve ter em conta a idade das crianças, ajustando por isso os enigmas criados.

Pode começar por colocar uma carta destinada às crianças, como primeira pista, de seguida desenvolva os enigmas, estes podem ser enigmas com adivinhas ou quebra-cabeças. Por fim, escolha um tesouro adaptado e que vá gerar entusiasmo.

Bowling com Garrafas

Arranje 6 garrafas de plástico e decore-as a gosto, de seguida disponha-as e com uma bola à vez tenta-se derrubar  o máximo de garrafas possível.   O jogador deve posicionar-se com o pé esquerdo um pouco à frente do pé direito e com os joelhos dobrados.

O Bowling promove a diversão, o bem-estar e a alegria, conseguindo ser um jogo para todas as faixas etárias.

Autoria: Catarina Mexia