As 10 Tendências de Design de Interiores para 2019

Costuma dizer-se que a nossa casa é um reflexo de nós próprios e da nossa personalidade. O cuidado com a decoração é cada vez mais visível e todos os anos chegam novas tendências sempre mais modernas. Este ano dá-se ênfase a uma decoração mais ousada, onde se valoriza as cores fortes, os apontamentos sofisticados e os materiais sustentáveis. Saiba quais as 10 Tendências de Design de Interiores para 2019

Apresentamos-lhe as principais tendências de decoração de interiores de 2019:

  • Fim da fronteira entre a casa de banho e o quarto:

Cada vez se dá mais atenção à distribuição das divisões da casa, e o que se tem notado é que as pessoas preferem espaços mais amplos e abertos. A nova tendência de decoração é não haver divisão entre o quarto e a casa de banho. A melhor maneira de consolidar estas duas áreas é usar revestimentos semelhantes na parede e no chão e utilizar certos elementos que separam o quarto da zona húmida como por exemplo cabeceiras.

  • Regresso do Veludo e do Mármore:

O veludo é um material sofisticado e bastante elegante que tem sido muito usado nas decorações mais modernas e ousadas. Este material pode ser usado com cores mais intensas diferenciar o espaço. Vemos este material a ser mais usado nos estofes, dando nova vida aos sofás e cadeiras.

O natural tem sido bastante privilegiado na decoração de interiores, fazendo com que as pedras naturais voltassem a ser um material imprescindível na decoração das nossas casas. O mármore pode ser utilizado nas bancadas da cozinha, em pavimentos, na casa de banho, acessórios, vasos e até mesmo em peças de mobília, dando um ar mais moderno e vistoso à casa.

  • Lareiras contemporâneas:

As lareiras estão de volta, têm sido um dos elementos de decoração cada vez mais requisitado e estão completamente in. O design subtil aliado às lareiras modernas fazem toda a diferença na decoração de uma sala de estar, criando um ambiente mais “cozy”.

  • Espelhos Vistosos:

Os espelhos dão um ar mais elegante e sofisticado à decoração de uma casa. Acabam por dar um toque de suavidade e fazer com que as divisões pareçam mais amplas. Os espelhos estão cada vez mais in, principalmente os espelhos mais artísticos, grandes e redondos.

  • Uso do preto mate:

O preto é uma grande aposta no design de interiores. Se aliar o uso da cor pretos aos elementos de mármore vai ter um espaço mais moderno e sofisticado. É privilegiado o uso do preto mate em certos apontamentos como por exemplo torneiras, tubos que estejam visíveis.

  • Mais cor na cozinha:

Ao longo dos últimos anos a cozinha tem ganho cada vez mais destaque na decoração da casa. As cores mais fortes estão a ganhar espaço na decoração desta divisão. Valorizam-se as cozinhas com cores mais intensas como o vermelho, verde e até mesmo o preto. Também o papel de parede tem sido bastante utilizado nesta área.

  • Mobiliário Sustentável:

Os moveis feitos à mão, com materiais reciclados e ecológicos estão cada vez mais populares na decoração de interiores. As formas deste tipo de mobiliário acabam por ser mais elegantes e fazem com que a casa fique com um aspeto mais artesanal. Sem dúvida que este tipo de mobiliário é o futuro da decoração de interiores.

  • Flores:

As flores ganham grande destaque no papel de parede e também em têxteis. Este tipo de padrão dá mais vida e personalidade a todas as divisões da casa. O papel de parede floral é mais usado em determinados cantos da casa onde se tem, por exemplo, uma secretária ou também nas casas de banho.

  • Jardim por todos os cantos:

O uso de plantas é cada vez mais visível dentro de casa sendo nos dias de hoje são indispensáveis nos projetos de coração. As plantas dão cor, frescura e uma certa fragrância aos espaços.

  • Tetos com mais cores

Os tetos meramente brancos já não se usam na decoração de interiores. O que está na moda agora é deixar as paredes em branco e pintar os tetos com cores mais fortes ou então colocar um papel de parede mais ousado.

Fique a conhecer o nosso Curso de Design e Decoração de Interiores.

Autoria: Ana Cardoso