Designer ou Decorador de Interiores: Quais as diferenças?

Curso de Decorador de Interiores Do It Better

Por vezes, pensamos que estes profissionais são iguais e fazem exatamente a mesma coisa.  Quais são as diferenças?

Para percebermos melhor as diferenças entre estas duas áreas, temos de saber o que realmente são.

O que é um decorador de interiores?

Um decorador de interiores tem como função criar áreas esteticamente mais bonitas e ao mesmo tempo mais confortáveis e práticas. Este deve utilizar-se de vários elementos, como o mobiliário, cortinas, peças decorativas, compondo os espaços até atingir a harmonia perfeita. Tudo isto, sem nunca esquecer o perfil do cliente, o seu estilo de vida e as características da própria divisão.

O que é um designer de interiores?

O designer de interiores é o profissional responsável pelos espaços. Não se foca apenas no embelezamento da divisão, mas sim num conjunto de elementos desta. No fundo o designer tem como parte da sua função a decoração, mas também a preparação para se chegar a essa fase. O seu trabalho está dividido em duas etapas: o planeamento ou projeto e o seu desenvolvimento ou acompanhamento.

Para além disto, o designer de interiores também está habilitado à criação uma peça com um objetivo específico ou para solucionar um problema.

Quais são as diferenças?

Podemos então dizer, que a existem diferenças entre estas duas áreas aparentemente semelhantes. No fundo, o designer de interiores tem como parte do seu trabalho a decoração acrescendo de outras funções que está habilitado. Já o decorador de interiores apenas está habilitado a decorar os espaços.

Ambos os profissionais são importantes nas suas funções quando construímos uma casa. O seu trabalho é essencial para chegarmos ao verdadeiro resultado final, a harmonia de um espaço e felicidade do consumidor.

Autoria: Ana Lopes