Porque deve seguir uma carreira na área da Fisioterapia e Massagem?

Razões para fazer a formação de Técnico Auxiliar de Fisioterapia e Massagem

A Fisioterapia é uma área que está em constante crescimento, nos dias de hoje há cada vez mais pessoas a investir nesta área. Muitos profissionais dizem que seguir carreira na área de Fisioterapia e Massagem é desafiante e que leva a uma grande evolução tanto a nível pessoal como humano devido ao contacto que têm diariamente com diferentes pessoas.

Mas o que faz realmente um fisioterapeuta? Todos sabemos que a fisioterapia é a ciência que estuda, faz o diagnóstico, a prevenção e o tratamento de disfunções cinéticas funcionais dos órgãos e sistemas. Assim, o objectivo dos profissionais de fisioterapia é preservar e restaurar a integridade dos órgãos e sistemas. Compete ainda ao fisioterapeuta fazer a indução do tratamento fisioterapêutico no paciente e fazer o acompanhamento do quadro clínico do mesmo.

E um profissional de massagem? O massagista estimula a mobilidade e elasticidade do corpo, aliviando certas dores através da aplicação de força/vibração sobre os músculos, tendões, ligamentos e articulações.

Conseguimos perceber que esta é uma actividade bastante desafiante e por isso, é uma das áreas que mais chama atenção dos portugueses e não só. A verdade é que a crescente procura desta área não acontece só em Portugal, isto é algo que está a acontecer também a nível internacional.

Se procura uma profissão que lhe encha o coração todos os dias e o faça feliz, fisioterapia é a especialidade certa para si. Esta é uma área que traz muita satisfação a todos os profissionais pelo contacto humano e pelo prazer de poder ajudar os pacientes a melhorar a sua qualidade de vida. Segundo um estudo publicado pela Forbes em 2015 sobre as profissões que trazem mais felicidade aos profissionais, Fisioterapia surgia no 3º lugar.

Ao seguir carreira nesta área, vai poder intervir e transformar a vida dos pacientes através de terapias e gestos que aliviam a dor, e isso é algo especial. É sentir que ajuda o outro de uma maneira que mais ninguém consegue ajudar.

Trabalhar como fisioterapeuta e massagista significa ter bastante autonomia e responsabilidade, pois só o facto de estar a ser consultado por alguém para diagnosticar uma certa disfunção e ter de propor um determinado tratamento ou até fazer esse mesmo tratamento dá uma sensação de independência, algo que não se sente em todas as áreas profissionais.

Note-se que esta área não é nada monótona, é uma área que está em constante evolução uma vez que o conhecimento e a tecnologia estão sempre a mudar e evoluir, logo o profissional de fisioterapia e massagem tem de estar constantemente a estudar e acompanhar estas evoluções. Assim, para aqueles que gostam de estar em constante aprendizagem esta é a área ideal.

Ao seguir carreira na área da fisioterapia e massagem não estará limitado apenas a um espaço de trabalho, existem imensas saídas profissionais para este sector de actividade.

Poderá trabalhar em clínicas de fisioterapia, centros de medicina de reabilitação, consultórios privados, clínicas de medicina natural e também ginásios e clubes desportivos.

Se quer investir na sua formação, aposte numa área em crescimento e esta é essa área. Em Portugal, fisioterapeuta é a terceira maior área de prestação de serviços. Com apenas algumas dezenas de fisioterapeutas na década de 70, nos dias de hoje contamos com certa de 1200 profissionais nesta área.

 

Autoria: Ana Cardoso