Sinais de comunicação do seu animal

Sinais de Comunicação do seu animalComo é que a comunicação interfere no comportamento dos animais?

A comunicação é um dos principais fatores para o bom entendimento entre um ou mais indivíduos. A maioria das pessoas esquece que os animais não são humanos e que, devido a essa diferença, eles nem sempre compreendem o que lhes queremos comunicar. Apesar das diferenças no mecanismo de comunicação de cada espécie, algumas são capazes de aprender a identificar e associar certas  “expressões comunicativas” humanas a uma consequência.

A eficiência da comunicação entre Homens e animais é extremamente importante, para que o convívio em casa, seja mais agradável. Um bom dono tem a obrigação de observar o comportamento natural do seu animal de estimação, seja ele cão, gato, ave, etc e aprender o significado por detrás dos sinais de comunicação que estes enviam. Por exemplo, quando um cão rosna e mostra os dentes, algo não lhe agrada ou quando abana a cauda de felicidade.

Quando aprendemos a olhar, analisar e compreender cada comportamento, elos mais fortes de amizade são formados, pois esse conhecimento facilita a ocorrência de uma comunicação eficiente entre homem e animal. Conhecer o nosso animal e entender o que ele tenta nos “dizer” faz com que saibamos como agir em cada situação, através da comunicação simples e lógica de intenções.

Curso de Técnico Auxiliar de Veterinária e Estética Animal Certificado

Na sequência de um conjunto de formações em diversas áreas, a Do It Better complementa a sua oferta formativa com um Curso de Formação Profissional Certificada de Auxiliar de Veterinária e Estética Animal permitindo assim aos nossos formandos adquirirem competências que lhes permite uma maior capacidade para investir no mercado de trabalho.

Venha dar um novo rumo à sua vida profissional. Conte com a experiência dos nossos formadores para orientar o seu percurso. Poderá consultar informações adicionais como objectivos do curso em: http://doitbetter.pt/courses/curso-tecnico-auxiliar-veterinaria/

Autoria: Sara Guerreiro