Segundos que podem salvar uma vida!

Numa situação de perigo iminente bloqueia ou não sabe o que fazer? Descubra algumas técnicas de socorrismo e faça a diferença na vida de alguém.

A ocorrência de acidentes é, infelizmente, uma realidade presente na vida de todos os cidadãos e infelizmente não podemos prevê-los. Mas, podemos minimizar os danos ou sequelas que resultam desses acidentes através dos cuidados e técnicas que são prestados nos segundos que os sucedem.

Ao longo do artigo iremos mostrar 5 situações onde o auxílio nos primeiros minutos fazem, de facto, uma grande diferença para a qualidade de vida destas pessoas.

Veja algumas dicas e alguns dos cuidados de primeiros socorros que deve ter, para que na hora de agir esteja preparado:

Convulsões

As convulsões são descargas elétricas que ocorrem no cérebro, originando contrações nos vários músculos do corpo. São ainda poucas as pessoas que sabem auxiliar corretamente este tipo de situação, neste sentido poderá ver o que deve e não deve fazer.

Deve:

  • Dar espaço à pessoa e retirar objetos que estejam próximos da vítima;
  • Afastar as roupas que estejam perto do pescoço (exemplos: gravatas, cachecóis, camisas, etc.);
  • Colocar a pessoa de lado para não se engasgar no próprio vómito;

Não deve:

  • Colocar a mão nem nenhum objeto na boca da pessoa;
  • Dar alimentos ou açúcar;
  • Tentar agarrar os membros de modo a imobilizar a vítima, uma vez que pode originar outras lesões.

Desmaio

Numa situação de desmaio devemos, de imediato, observar se a pessoa está a respirar ou não. Não estando a respirar devemos ligar de imediato para o 112 e iniciar a massagem cardíaca.

A vítima não respira- Massagem cardíaca

Já com o indivíduo deitado, deve posicionar as suas mãos sobre o peito da vítima. Posteriormente, deve esticar os braços e empurrar as mãos com força pelo menos duas vezes por segundo até aguardar a chegada da ambulância.

A vítima respira

Quando se encontra a respirar, deve pôr a vítima de barriga para cima e colocar as pernas mais altas que a cabeça e corpo. De seguida é importante que vire cabeça para o lado para facilitar a respiração.

Não se esqueça de manter a comunicação com a pessoa, observar possíveis lesões, e quando a vítima acordar não convém que se levante ou faça movimentos bruscos durante 10 minutos.

Afogamento

Neste tipo de situação a vítima deixa de respirar devido ao entupimento das vias, logo após fazer a chamada de emergência deve iniciar a massagem cardíaca e fazer respiração boca-a-boca de forma alternada.

Caso esteja perto de um posto médico leve a vítima o mais rápido possível.

Choques elétricos

É fundamental saber o que fazer em caso de choques elétricos, isto porque se agirmos de imediato é possível evitar muitas consequências como queimaduras graves e paragens cardíacas.

É importante seguir os seguintes passos:

  • Desligar a fonte de energia e afastar a vítima da fonte.
  • Chamar uma ambulância
  • Ver se a vítima está consciente ou inconsciente

Se a vítima está consciente, basta aguardar pela entidade competente. No entanto se a vítima tiver inconsciente deve ter em conta a sua respiração. Se respirar coloque a vítima em posição lateral, se não respirar deve iniciar a massagem cardíaca.

Fraturas

O procedimento a seguir em caso de fraturas é um dos mais simples, no entanto deve sempre ter máxima atenção.

Quando uma pessoa tem uma fratura, devemos imobilizar o osso que está partido enquanto espera pela equipa médica. A imobilização deve ser feita com o uso de talas, e a vítima deverá manter-se na posição normal.

Atenção: Se a fratura for na coluna, pescoço e cabeça a vítima deve ficar imóvel e sem se mexer até a ambulância chegar.

A Do It Better é um centro de formação profissional que disponibiliza todas as competências e técnicas necessárias para triunfar no mercado de trabalho. Se o seu futuro passa por ajudar e salvar a vida de outras pessoas, então este é o sítio certo para si. Junte-se a nós, e venha ser better connosco!

Autoria: Marisa Santos