7 Erros que não pode cometer numa entrevista de emprego

Sabia que os primeiros minutos são aqueles que, na sua maioria, ditam o fracasso ou o sucesso de uma entrevista? Descubra quais os erros e comportamentos que deve evitar quando está a ser entrevistado.

Estamos perante um mercado cada vez mais competitivo, onde a procura por vagas é bastante superior ao número de vagas oferecidas. Obter uma colocação no mercado de trabalho é um desafio constante, não só para quem procura o primeiro emprego mas também para quem procura uma recolocação profissional.

O comportamento verbal e não-verbal que é adotado tem um impacto direto na tomada de decisão por parte dos recrutadores, daí que seja fundamental uma preparação prévia para este tipo de ocasião.

A entrevista é a porta de entrada para o mercado de trabalho. Todos os detalhes contam! Seja precavido e veja quais os erros que não deve cometer:

  1. Falar mal das entidades patronais anteriores

Este é dos piores erros que pode cometer numa entrevista de emprego. Mesmo que as suas experiências anteriores não tenham sido as melhores, não deve expressá-lo.

Não se esqueça que as suas antigas entidades patronais podem ser eventuais parceiras de negócio ou concorrentes da entidade a que se está a candidatar, portanto deve-se manter imparcial e não revelar a sua opinião pessoal.

Concentre-se nas suas competências e fale apenas das experiências que considere decisivas para o sucesso da entrevista.

  1. Não ter perguntas

Não colocar perguntas pode mostrar pouco entusiasmo e falta de curiosidade pela empresa à qual estamos a concorrer.

Por outro lado, quando colocamos perguntas estamos automaticamente a criar uma ligação com o entrevistador, sendo uma boa oportunidade para demonstrar as nossas capacidades comunicativas e destacar-nos dos demais candidatos.

  1. Discurso/ erros gramaticais

Os erros gramaticais e a forma como o discurso é organizado continuam a ser das falhas mais apontadas pelos recrutadores.

Esteja bem preparado, apresente um discurso simples e claro de forma a minimizar os erros a nível linguístico.

 

Os erros inerentes ao comportamento verbal têm, de facto, um grande impacto no resultado final, no entanto são os comportamentos não verbais que decidem uma contratação.

  1. Imagem pouco cuidada e má postura

A má postura é um comportamento para o qual os entrevistados estão bastante consciencializados, contudo continua a ser um dos erros que mais se comete numa entrevista. Este tipo de comportamento advém de hábitos e por vezes são cometidos involuntariamente.

Para ultrapassar este obstáculo é importante que treine em casa quais as posturas a adotar, posturas essas que devem demonstrar segurança, interesse e maturidade.

Aposte na sua imagem e certifique-se que vai de acordo com a cultura organizacional da empresa.

Saiba também como se deve apresentar numa entrevista de emprego.

  1. Não fazer contacto visual

Dificilmente será contratado se não tiver em conta este comportamento.

Olhar diretamente para o entrevistador demonstra destreza e confiança em si mesmo, portanto deixe de lado a timidez e o nervosismo, pois este é um requisito e uma característica que diz muito da sua personalidade.

  1. Nunca se atrase

Como o velho ditado diz: A primeira impressão é a que fica. Até pode ter um currículo fenomenal e uma capacidade de comunicação acima da média, no entanto nada lhe vale se não chegar a horas.

Chegue com alguma antecedência ao local onde se irá realizar a entrevista e tenha em mente que a pontualidade ou a falta dela, neste caso, pode ser um fator de eliminação.

  1. Falta de sorriso

As entrevistas são ocasiões que se devem levar a sério, no entanto muito dos candidatos caiem no erro de adotar uma postura rígida.

Sorria, mostre entusiasmo e cative o recrutador!

Conheça ainda os 8 passos fundamentais para ter uma boa entrevista de emprego.

Autoria: Marisa Santos